GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Quem paga menos seguro de carro?

São as mulheres. Homens, além de facilitarem a vida da bandidagem, causam batidas mais fortes, que podem acabar em perda total – e em prejuízo para a seguradora.

Alguns pagam cerca de três vezes menos para segurar o mesmíssimo carro. Olha só: se você for mulher, já vai gastar até 60% menos do que quem tem o cromossomo Y. As seguradoras usam estatísticas para determinar o que cobram, e entendem que as Penélopes Charmosas evitam ruas ermas e usam mais estacionamentos.

Já os homens, além de facilitarem a vida da bandidagem, causam batidas mais fortes, que podem acabar em perda total – e em prejuízo para a seguradora. Agora, se você está pensando em se divorciar, saiba que vai sair dessa com um prejuízo adicional: ser casado garante uma economia de 5%. É que maridos e esposas costumam ter rotinas casa-trabalho-casa, e quem está sozinho quer encontrar gente, ir à balada, e expõe mais o carro a batidas, roubos e furtos.

Para as seguradoras, diga-se, motorista é que nem vinho: quanto mais velho, melhor. Por isso, quem tem 18 anos paga o dobro de que quem tem 60. E você, caro leitor da Região Nordeste, não se assuste se, ao mudar-se para São Paulo ou para o Rio, seu seguro aumentar em até 30%. Pois é: além de terem oficinas que cobram mais, as duas ainda contam com mais ladrões de carro.

Quer mais? Como os roubos e furtos são mais freqüentes em Santo André, São Bernardo, São Caetano e Diadema do que na capital paulista, nessas cidades da Grande São Paulo se paga mais. Ok. Só tem um problema: quem mora no lado Diadema de uma avenida, por exemplo, acaba gastando até duas vezes mais com seguro do que se atravessar a rua e viver em São Paulo. É o CEP que determina os valores. E não tem choro.