Clique e assine a partir de 8,90/mês

Turismo

Depois da invenção do lazer, o lazer fora de casa

Por Da Redação - Atualizado em 31 out 2016, 18h20 - Publicado em 31 ago 2006, 22h00

Saímos de casa, quando queremos descansar, para ver novas paisagens, esquecer o dia a dia. A cultura do turismo já está bastante consolidada e há até estudos que o analisam. Mas a idéia de viajar mundo afora para conhecer outras culturas existe desde a Roma antiga, quando integrantes da elite endinheirada deixavam a cidade para curtir uns dias de descanso nas praias da baía de Nápoles.

A partir do século 16, filhos da nobreza européia faziam longas viagens pela Europa para aprender novas línguas e culturas. Na Inglaterra, durante a Revolução Industrial, o turismo começou a se popularizar, especialmente com a instituição de dias de folga, conhecidos como bank holidays. Com dias definidos para seu lazer, os trabalhadores aproveitavam para usufruir as férias fora das cidades onde moravam. Foi também na terra da rainha, em 1841, que Thomas Cook organizou pela primeira vez um pacote turístico de baixo custo, com tudo incluso, para um grupo de atividade no mínimo peculiar: pregadores de abstinência do álcool, que se uniram para viajar para a cidade de Longhbourough assistira um evento esportivo. O Brasil foi um dos primeiros países do mundo a ter férias remuneradas. No entanto, com os altos preços de viagens, apenas 15% dos habitantes do Brasil já embarcaram em alguma viagem internacional, enquanto nada menos que 85% dos suíços já o fizeram.

Publicidade