Clique e assine a partir de 8,90/mês

Visões do paraíso

Em O que Sobrou do Paraíso? (Companhia das Letras), o historiador francês Jean Delumeau investiga a evolução dessa crença.

Por Da Redação - Atualizado em 31 out 2016, 18h21 - Publicado em 30 abr 2003, 22h00

Mafê Vomero

A crença no paraíso, onde os justos desfrutarão da vida eterna, influenciou de modo admirável o imaginário ocidental, pautando incontáveis manifestações artísticas. Em O que Sobrou do Paraíso? (Companhia das Letras), o historiador francês Jean Delumeau investiga a evolução dessa crença. O paraíso já foi retratado, em pinturas suntuosas, como um jardim celeste esplendoroso. Aos poucos, deixou de ser um lugar definido e desvinculou-se da idéia de céu. Hoje, tornou-se sinônimo de uma utopia num futuro além da morte.

Publicidade