GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Assim no Oregon como na Amazônia

Imagens do satélite Landsat-5 comprovam que a devastação de florestas americanas é muito maior do que a do Brasil.

Os ecologistas americanos têm uma boa razão para esquecer, pelo menos por enquanto, a gritaria em defesa da floresta amazônica: precisam se preocupar com a destruição de suas próprias matas. Imagens feitas a 700 quilômetros de altitude pelo satélite Landsat-5 permitiram aos cientistas aos cientistas da NASA comparar a devastação em áreas equivalentes da floresta tropical brasileira e dos bosques temperados do nordeste dos Estados Unidos. O resultado foi uma goleada pró-Terceiro Mundo. Enquanto a Amazônia revela 11% de áreas desmatadas, o Estado do Oregon aparece com mais de 85% de sua floresta original destruída. A Forests Service, entidade do governo americano, contesta os resultados, alegando que as imagens do Oregon são, na realidade, locais de reflorestamento. Seus técnicos dizem que as áreas parecem desertas porque têm muitas árvores jovens, que refletem menos radiação infravermelha, captada pelo Landsat.Seja como for, os americanos continuam tendo motivos para cuidar de seu quintal antes de olhar o dos vizinhos. As áreas reflorestadas têm sido definidas por eles próprios como “plantações de árvores”, e não florestas de verdade, com grande diversidade de vida animal e vegetal.