GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Balneário para garças feito pelo homem

Ilha feita de lixo protege da extinção a maior ave americana.

A idéia juntou o útil ao econômico. Em vez de carregar barcaças e mais barcaças com a lama retirada dos poços de óleo e gás natural, a empresa americana Mitchell Energia e Desenvolvimento drenou o lodo para construir três ilhas artificiais na costa do Texas. Útil para a natureza, pois as novas áreas marinhas reproduzem o habitat do maior pássaro da América do Norte, o grou americano, ameaçado de extinção. Para a empresa, é um bom negócio. O custo de cada refúgio, 1 milhão de dólares, é bem menor do que o das repetidas viagens para descarga do lixo. A idéia foi do biólogo David Templet, que explicou à SUPER como os habitats foram construídos. Cada ilha leva dois meses para ser erguida. Depois, recebe a vegetação típica dos pântanos da região, cujo crescimento tem de ser monitorado por três anos. As garças, que voam 2 500 quilômetros do norte do Canadá para passar o inverno no Golfo do México, já usam as ilhas como hotéis.