GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Calamidade no extremo sul do planeta

Ninguém sabe se a coisa é passageira ou se a Antártida está mudando para valer devido ao aquecimento global da atmosfera. O fato é que estão aparecendo fendas assustadoras perto do Pólo Sul. Uma delas, subterrânea, tem 30 quilômetros de comprimento, 14 de largura e 800 metros de profundidade. Ela foi detectada por Jorge Lusky, do Instituto Antártico da Argentina, na Plataforma Larsen, uma muralha de gelo próxima ao extremo da América do Sul. Há quem pense que toda a plataforma está prestes a ruir, já que, de dois anos para cá, nota-se uma redução sensível de sua área. Mas, certeza, mesmo, não existe. “Se ela estivesse desmoronando veríamos o gelo se mexer dentro dela”, diz o glaciologista austríaco Helmut Rott, da Universidade de Innsbruck. “E não estamos vendo movimento nenhum.”