GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Como salvar um livro molhado

A bolsa tomou chuva demais, a goteira pingou onde não devia ou o copo d’água inundou sua leitura de cabeceira? Ainda há salvação...

 (Estúdio Pingado/Superinteressante)

1. Passando o “pano”

Cubra a capa e a contracapa com papel-toalha. Depois, pressione levemente o volume com as mãos. Repita o processo, dessa vez, intercalando uma folha de papel-toalha a cada 10 ou 20 páginas. Garanta que as folhas cubram por inteiro cada página danificada.

2. E o vento secou

Posicione o livro em pé em uma superfície lisa e plana e deixe suas páginas abertas, como se fossem um leque – tudo isso à frente de um ventilador na potência mínima. Deixe a brisa agir por uma noite inteira e quase toda a água desaparecerá.
> Não abra o livro num ângulo maior que 90o, para não descolar as páginas.

3. Aperta que ele enxuga

Terminada a ventania, coloque peso sobre o livro. Pode ser alguns tijolos ou qualquer coisa que faça as páginas ficarem comprimidas ao máximo. O ideal é manter tudo desse jeito por 24 ou até 48 horas. Depois disso, voilá: a obra estará como nova. Ou quase isso.

4. Está sem tempo?

Guarde o volume em um saco ziplock no freezer até poder iniciar o restauro.

Fontes: Vídeo Wet Book Rescue, da Universidade de Syracuse, EUA.