GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Dias tórridos pela frente

Ano de 1990 foi o mais quente dos últimos 140 anos. É possível que o recorde seja quebrado novamente em 1991.

Duas mil estações meteorológicas espalhadas pelo globo revelam que 1990 foi o ano mais quente nos últimos 140 anos e é possível que o recorde seja quebrado novamente em 1991. O fato é que até os mais céticos estão se convencendo de que a Terra ruma para dias tórridos, comparados aos do início do século. Basta ver que seis dos sete anos mais quentes do século ocorreram na década de 80 e os termômetros continuam em ascensão. Além disso, diversas projeções feitas por computadores apontam que a temperatura chegará a um pico por volta do ano 2050.

Essas projeções acertam inclusive nos detalhes, pois dizem que a temperatura da superfície sobe, enquanto a das camadas mais altas da atmosfera desce. Foi exatamente o que se observou em 1990. A causa desse fenômeno, ao que parece, é o excesso de gás carbônico e outros gases na atmosfera: eles bloqueiam a saída de calor da Terra para o espaço. Gerado pela queima de madeira e principalmente de gasolina e óleo nos automóveis e fábricas, o gás carbônico precisa ser controlado, diz o cientista José Augusto Bittencourt, do Instituto Nacional de Pesquisas, de São José dos Campos, SP. “O problema não se resolverá enquanto isso não for feito.”