Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

O mais importante prêmio ambiental do Brasil

Estava ali uma amostra bem completa do trabalho de empresas, governos e ONGs em prol do futuro do planeta ¿ de trabalhos escolares idealistas a projetos nacionais de proporções gigantescas.

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 19h02 - Publicado em 31 Maio 2002, 22h00

Denis Russo Burgiermana

A revista que você tem em mãos é o fruto do maior esforço de reportagem dos 15 anos de história desta Super. Ao longo dos últimos cinco meses, desde que as inscrições para o Prêmio Super Ecologia 2002 se abriram, em janeiro, estivemos soterrados sob centenas de projetos – 438, para ser mais preciso –, vindos de 25 dos 27 Estados do Brasil. Estava ali uma amostra bem completa do trabalho de empresas, governos e ONGs em prol do futuro do planeta – de trabalhos escolares idealistas a projetos nacionais de proporções gigantescas.

Em março, a equipe do prêmio começou a fazer o mais difícil dos trabalhos: eliminar projetos. Foi doído. Como decidir entre um esforço abnegado e outro, entre uma vida dedicada à natureza e outra? A resposta é: com critérios bem definidos e muitos dias, noites e madrugadas de discussões sobre méritos. Ficaram 53 projetos, cada um deles cheio de qualidades. Assumiu daí a comissão julgadora, um time de mestres do mundo ambiental Os membros da comissão analisaram cuidadosamente cada um dos projetos e deram notas a todos pela sua relevância, seus resultados, sua sustentabilidade e sua inovação.

Já tínhamos um time de vencedores para ninguém botar defeito. Mas o trabalho estava só começando. Em maio, colocamos na rua seis repórteres com grande familiaridade com o tema, acompanhados de alguns dos melhores fotógrafos do Brasil. Nossa equipe percorreu 28 000 quilômetros – 60 horas de carro, 42 de avião, 45 de barco e 2 de ônibus – checando dados, questionando tudo. Estivemos em 11 Estados do Brasil, de Santa Catarina a Roraima, da Paraíba ao Acre. Foram dias enfrentando o sol do sertão, os mosquitos da Amazônia, os buracos nas piores estradas do Brasil, o mau cheiro nas margens de rios poluídos.

Foi também um baita curso intensivo de Brasil. Só o que a equipe da Super aprendeu sobre os problemas do país e suas possíveis soluções já valeu, de sobra, o trabalho que o prêmio deu. Entre as lições, talvez a mais importante tenha sido a de que o que falta a esse país não é dinheiro. Vimos de perto o quanto idéias simples, aliadas a trabalho duro, de formiguinha, podem mudar para sempre a vida de uma pessoa, de uma cidade, de uma região, de um ecossistema, do planeta. Meia dúzia de estudantes salvam da definitiva extinção uma espécie. Um grupo de ONGs dá solução para problemas que pareciam eternos, como a sede no Nordeste ou a miséria nas comunidades ribeirinhas amazônicas. Uma empresa bem-intencionada gera centenas de ONGs, ajuda a preencher o buraco na camada de ozônio ou encontra um jeito de explorar a floresta sem depredar.

Nosso trabalho final foi espremer todas as histórias de luta nestas nobres páginas. Começa aqui. Quando você virar a folha, vai conhecer o vencedor do Grande Prêmio Super – aquele que a comissão julgadora elegeu, por maioria absoluta, entre todos os vencedores nas categorias, o melhor projeto do ano. Não vou dizer qual é, para prolongar por mais uns segundos o suspense, mas adianto que se trata de uma solução genial e ambientalmente correta para algo que parecia insolúvel. A seguir, começam as matérias sobre os projetos que ganharam em cada uma das categorias. Eram seis no total: Água, Ar, Solo, Fauna, Flora e Comunidades. Em cada categoria, há três vencedores: o melhor projeto de ONG, o melhor de empresa e o melhor projeto governamental.

Em seguida, você encontra uma matéria sobre o almirante Ibsen de Gusmão Câmara, nosso homenageado este ano com o Prêmio Especial, uma honra concedida por uma vida inteira de trabalho em prol da natureza. Esta reportagem especial fecha com um perfil dos membros da comissão julgadora.

Esperamos que você goste. Mas, mais do que isso, esperamos que você se inspire.

Continua após a publicidade
Publicidade