Clique e assine a partir de 8,90/mês

Pássaros,espírito de equipe

Até hoje, ninguém conseguiu desvendar completamente como se organiza o vôo sincronizado das aves.

Por Da Redação - Atualizado em 31 out 2016, 19h02 - Publicado em 31 ago 2000, 22h00

Como se orientam os pássaros que voam em bando?

Jorge Kesselrin,

João Pessoa, PB

Até hoje, ninguém conseguiu desvendar completamente como se organiza o vôo sincronizado das aves. Mas há algumas pistas. Provido de visão lateral abrangente, o bicho percebe no ato quando a distância em relação ao companheiro se altera. Até as penas ajudam, com terminações nervosas que captam mínimas variações na pressão do ar. Segundo Ronald Ran Vaud, do Instituto de Ciências Biomédicas da USP, “ao voarem juntos, os pássaros procuram manter-se sempre à mesma distância um do outro. As diferenças são compensadas em frações de segundo, como um simples reflexo”. Algumas aves migratórias fazem o famoso vôo em formação, desenhando um “ V” no céu. A estratégia torna as grandes distâncias mais suportáveis, pois os que vão atrás já tiveram a resistência do ar vencida pelos da frente. Como vão trocando de posição, ninguém se cansa tanto. Mas o mistério maior é como conhecem o caminho até destinos localizados a milhares de quilômetros. Diversos fatores os auxiliam nisso. O primeiro é a programação genética. Algumas espécies também se orientam por marcos como montanhas, rios e mares. Outras se valem da posição das estrelas e do Sol. E há aquelas que, desconfia-se, captam o campo magnético da Terra como se tivessem uma bússola dentro de si.

Publicidade