Clique e assine a partir de 8,90/mês

Também o gás mata árvores

Pesquisa realizada nos EUA mostrou que o ozônio pode contribuir para a mortandade das árvores.

Por Da Redação - Atualizado em 31 out 2016, 18h59 - Publicado em 31 jul 1990, 22h00

Até a pouco, a distribuição de florestas nos países de clima temperado tinha um suspeito líquido e certo: a chuva ácida, resultante de reações químicas provocadas pela poluição na atmosfera (SUPERINTERESSANTE número 5, ano 4). Mas uma pesquisa realizada nos Estados Unidos mostrou que também o ozônio pode contribuir para a mortalidade das árvores. O mesmo gás que existe naturalmente na alta atmosfera, onde protege a Terra dos raios solares, pode ser produzido a baixas altitudes pela emissão de poluentes no ar. Neste caso, provoca lesões nas folhas e inibe a fotossíntese das plantas.

Segundo o químico Cláudio Alonso, da Companhia de Saneamento Ambiental de São Paulo (CETESB), “embora o ozônio seja realmente prejudicial, existe muita controvérsia sobre o que estaria causando a destruição das florestas”. Para aumentar a controvérsia, um recente relatório do governo dos Estados Unidos mostra que de um modo geral as florestas desse país não foram afetadas pela chuva, apesar dos seus altos índices de acidez em algumas regiões.

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
Publicidade