GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

28 lançamentos que você não pode perder na Artists Alley da CCXP

Artists Alley da CCXP 2017 terá mais de 170 artistas; separamos alguns dos trabalhos que mais queremos ver

Nesta semana, entre os dias 7 e 10 de dezembro, acontece a edição 2017 da Comic Con Experience. A Artists Alley, parte mais querida do evento, vai reunir dezenas de quadrinhistas e artistas nacionais com materiais diversos para você comprar e ainda pegar o autógrafo. São HQs, prints, pôsteres, adesivos, pins, chaveiros e muito mais.

Selecionamos 28 trabalhos simplesmente imperdíveis. Mas ainda tem muito mais! Recomendamos reservar bastante tempo (e dinheiro!) para conferir as atrações.

1) Raquel Segal – Um Anjo que Latia e Seria Cômico se Fosse Cômico (mesa F44)

PREÇO: R$ 15 cada um, R$ 25 os dois

Formada em Publicidade, Raquel explodiu na internet em 2016 com as tirinhas da página Aquele Eita, que em breve serão coletadas em livro. Na CCXP, ela levará dois trabalhos inéditos: Um Anjo que Latia traz histórias inspiradas no primeiro cachorro da autora, enquanto Seria Cômico se Fosse Cômico é uma coletânea de tirinhas de humor.

2) Gabriel Garcia – Sobreviver (mesa F44)

PREÇO: R$ 25

Esta obra é um livro-jogo em que, conforme lê, você precisa fazer escolhas que alteram o final. Na história, você é uma pessoa tentando sobreviver a um apocalipse zumbi em São Paulo.

É o primeiro livro do artista gráfico Gabriel Garcia, que também é game designer.

3) Gabriel Infante – Lorotas (mesa H07)

PREÇO: Não disponível

O artista plástico e ilustrador Gabriel Infante, também conhecido como Gabirotcho, lança sua primeira HQ. Lorotas teve financiamento coletivo no Catarse e ultrapassou a meta estipulada. Na história, dois irmãos mudam de casa e precisam resolver um mistério na nova vizinhança a que chegam. Dá para ler o começo da história neste link.

4) Hiro Kawahara – O Bestiário Particular de Parzifal (mesas G03-04)

PREÇO: Não disponível

A protagonista Parzifal é uma mulher que cresceu isolada numa floresta, cercada por amigos imaginários e fantasiosos. Ao sair do lugar para dar à luz sua filha, ela conhece o mundo e seus problemas. Mas, quando descobre que a filha tem uma doença muito séria, a mulher decide voltar à floresta para pedir ajuda aos antigos amigos.

Este é o terceiro quadrinho de Kawahara, ilustrador veterano que faz as toalhas de mesa do McDonald’s há mais de 20 anos. Após uma campanha extraordinariamente bem-sucedida no Catarse, o quadrinho atingiu todas as metas estendidas e chegará à CCXP num formato maior do que o previsto.

5) Bárbara Morais, Bianca Nazari, Rebeca Prado e Tainan Rocha – Realezas Urbanas

PREÇO: R$ 34,90

Trata-se de uma coletânea lançada pelo Plot!, o selo de quadrinhos da editora Alto Astral, que entrou no mercado em 2017. Com 64 páginas, Realezas Urbanas traz três histórias – uma de Bianca, uma de Rebeca e uma feita em dupla por Tainan e Bárbara. Cada um dos contos é uma releitura de algum conto de fadas clássico.

Cada autor está em uma mesa diferente: Rebeca na D25, Tainan na C13 e Bianca na E06 (dividindo com o também quadrinhista Rafael Loureiro). Bianca também é youtuber e fez um vídeo sobre o trabalho, que dá pra ver aqui.

6) Felipe Grigoli – Meteor Falls (mesa H31)

PREÇO: Não disponível

O ilustrador e designer paulista apresenta na CCXP seu primeiro quadrinho, que também foi financiado pelo Catarse. Altamente inspirada em Scott Pilgrim e com muitas referências a cultura pop, a história de 72 páginas originalmente foi seu projeto de TCC. Na trama, dois caçadores de recompensa que também são namorados, Tilt e Kiala, acabam se encrencando numa missão que envolve um torneio de videogames.

7) Doug Lira, Rafa Louzada e Rainor Marinho – Doppler (mesa H05)

 (Divulgação/Reprodução)

PREÇO: Não disponível

A campanha no Catarse ainda está rolando, então a CCXP receberá um pré-lançamento. A trama é um sci-fi que se num mundo pós-apocalíptico, destruído por um vírus que se propaga através das ondas de rádio. São duas histórias, uma ilustrada por Lira e outra por Louzada, com roteiros de Marinho. Em ambas o protagonista é o som, mas com uma diferença: a de Lira é muda e a de Louzada é balonada.

8) Dora Coelho – Ponchiki (mesa B04)

PREÇO: R$ 25

Este é o primeiro quadrinho de Dora, e tem formato de zine. Nas palavras da autora, “é um conto de sobre uma menina astronauta que, após morar quase um ano na Estação Espacial Internacional, precisa voltar para casa”. É uma história curtinha, de 32 páginas, e que também pode ser comprada pelo Instagram da autora.

9) Davi Augusto – RGB-deadpixel (mesa D15)

PREÇO: Não disponível

RGB-deadpixel é uma história de samurais que se passa em universo cyberpunk. São três samurais que, na verdade, são entidades que equilibram o universo, mas acabam entrando em conflito, iniciando um combate épico. A HQ será impressa no tamanho A4 devido ao alto detalhamento das imagens – segundo o autor, os arquivos originais tinham 1 m de altura.

Após uma bem-sucedida campanha no Catarse, a HQ terá suas primeiras entregas feitas durante a CCXP.

10) Dalton Cara e Magenta King – Black Emperors: Bikes vs. Sk8s (mesa E25)

PREÇO: Não disponível

Duas gangues, uma de ciclistas e outra de skatistas, disputam para ver quem consegue capturar um monstro primeiro e usá-lo como arma no domínio da cidade. Provavelmente será uma das maiores HQs do Artists Alley, com 160 páginas de quadrinhos.

A campanha no Catarse acabou de acabar.

11) Julio Almeida – Gie – The Gift (mesa A4)

PREÇO: Não disponível

Primeiro quadrinho do ilustrador sediado em Belo Horizonte, Gie conta a história de uma bruxinha que, com a ajuda de 12 gatos (cada um representante de um signo do zodíaco) precisa fazer crescer uma flor rara.

O autor disse no Facebook que precisou correr pra terminar a tempo, por isso o trabalho é curtinho. Mas é uma fofura!

12) Gio Guimarães – A Música de Erich Zann (mesa G37)

PREÇO: Não disponível

Gio adaptou um conto de H.P. Lovecraft para uma HQ de 24 páginas toda em aquarela. Ela também vai estar vendendo um sketchbook em sua mesa.

13) Gabriela Birchal -Carrion Song (mesa D39)

PREÇO: Não disponível

Carrion Song é o primeiro capítulo de uma HQ independente criada pela autora. A história é protagonizada por Corvo, uma mercenária que recebe uma missão inusitada e precisa caçar um monstro chamado Arque Lobo. São 36 páginas de quadrinhos.

Gabriela, que também é ilustradora e artista de concept, informa que o segundo capítulo já está em produção, por meio de apoiadores na plataforma Patreon.

14) Virginia Froes, Marismar Borém e Alexandre Carvalho – Trovão – O Super Cão (mesa B06)

 (Divulgação/Reprodução)

PREÇO: Não disponível

HQ infantil que conta a história de Trovão, um cãozinho abandonado que é adotado pelo garoto Gabriel e depois ganha superpoderes. Quando diversos animais do bairro começam a desaparecer, Trovão e Gabriel precisam solucionar o caso.

A autora Virginia Froes já concorreu ao prêmio HQ Mix em 2016.

Veja também
  • Gettyquery_builder 30 set 2016 - 13h09

15) Catharina Baltar – Lacrimosa (mesa F39)

PREÇO: Não disponível

Projeto que bateu mais de 200% na meta do Catarse, Lacrimosa é uma HQ de 40 páginas que conta a história de uma lágrima que ganha vida. O projeto é todo feito à mão com aquarela, lápis de cor e guache.

Essa é a segunda HQ de Catharina. A primeira, Cerulean, também financiada pelo Catarse, foi lançada em 2016.

16) Cah Poszar – The Little Good Wolf (mesa B28)

PREÇO: Não disponível

Quadrinho em 28 páginas totalmente colorido. A autora também estará vendendo outras HQs na feira, além de chaveiros, prints e pôsteres.

17) Luiza McAllister e Thiago Lehmann – Plumba (mesa D36)

 (Divulgação/Reprodução)

PREÇO: Não disponível

Fortemente influenciada pela estética e pela linguagem de videogame, Plumba conta a história de uma garota que precisa encontrar um machado mágico. No caminho, ela conhece novas pessoas e novos lugares, além de enfrentar grandes ameaças.

A HQ é soma das forças dos dois autores, que são cariocas baseados em SP e prestam serviços para publicidade. A HQ quase atingiu o dobro de sua meta no Catarse.

18) Renata Rinaldi – O Jardim (mesa F37)

PREÇO: Não disponível

A quadrinhista e ilustradora lança na feira sua nova HQ, o Jardim, composta de ilustrações relacionadas à natureza e que foram feitas ao longo do mês de outubro (foi seu projeto de Inktober).

A autora também levará à CCXP prints, adesivos, stickers, pins e tatuagens temporárias e publicações anteriores.

19) Sabrina Eras – Sereias (mesa D37)

PREÇO: R$ 30

A autora lançará este artbook com ilustrações produzidas em aquarela e lápis de cor. A publicação também está disponível na loja online de Sabrina.

20) Ursula Dorada – Sula’s Side of The Moon (mesa D35)

 (Divulgação/Reprodução)

PREÇO: R$ 35

A ilustradora baseada em SP lança seu primeiro sketchbook.

21) Amanda Duarte e Gus Lima – Artbook Vol. 2 (mesas H12-13)

PREÇO: Não disponível

Os dois ilustradores lançam um artbook cheio de trabalhos interativos, que podem ser usados em conjunto com um app.

22) Vários – Selva – A Gazeta Gráfica (mesas G03 e G04)

PREÇO: R$ 20

Selva é uma revista-coletânea que mistura trabalhos de diversos quadrinhistas, como fazia a Front. Essa segunda edição, que será lançada na CCXP, terá trabalhos de Spacca, Joel Lobo, Tainan Rocha, Mika Takahashi, Felipe Folgosi e outros.

Os grandes diferenciais da Selva são o formato tabloide (29 x 38 cm) e a impressão de luxo.

23) Brão – Diva Satänica (mesa E27)

PREÇO: R$ 40

Autor do polêmico Cornücopia, lançado na CCXP do ano passado, Brão retorna com Diva Satânica, com 68 páginas, mais uma vez se aventurando pela mistura de noir, horror e erótico. A diva satânica da história é uma lenda urbana que ceifa a vida dos homens em troca de uma noite de prazer.

A campanha no Catarse arrecadou mais do que o dobro da meta.

24) Ricardo Antunes – Zeppelin (mesas E16-17)

PREÇO: R$ 35

HQ de estreia do designer e ilustrador, essa obra adapta a música “Geni e o Zeppelin”, de Chico Buarque, para o formato graphic novel. E mais: sem balões de fala! A obra está sendo elogiada na imprensa.

25) Bianca Pinheiro – Alho Poró (mesa H44)

PREÇO: Não disponível

Bianca publica quadrinhos desde 2012 e já é uma das principais autoras brasileiras, tendo em seu currículo três volumes da série Bear e Mônica – Força, trabalho feito para a série Graphic MSP.

Alho Poró, com 52 páginas, é a história de três mulheres que precisam preparar um quiche e não conseguem achar esse ingrediente. A obra foi financiada por meio do Catarse.

26) Mylle Silva – A Samurai – Primeira Batalha (mesa F16)

 (Divulgação/Reprodução)

PREÇO: Não disponível

Trata-se de um spin-off de outro quadrinho da autora, A Samurai, lançado na CCXP 2016. Assim como aquele projeto, Primeira Batalha foi financiado pelo Catarse. A história é dividida em cinco partes, cada uma a cargo de uma ilustradora diferente (Mylle fez os roteiros). São elas: Renata Nolasco, Mary Cagnin, Chairim Arrais, Má Matiazi e Jéssica Lang. São 64 páginas no total.

27) Alice Monstrinho – Bad Omen 2: Spitfire (mesa D39)

 (Divulgação/Reprodução)

PREÇO: R$ 30

Este é o segundo volume da saga de Alice, cujo primeiro volume saiu na CCXP 2016. Misturando ação e terror e com forte influência de RPGs de mesa, a história focará em Barry, um personagem secundário do primeiro volume.

Aliás, o primeiro Bad Omen também estará sendo vendido na CCXP 2017, em versão ampliada com making-of explicando o processo de criação.

28) Ariane Rauber – Acrobata

PREÇO: Não disponível

Primeira HQ da ilustradora gaúcha, com cores da grande Cris Peter.

Newsletter Conteúdo exclusivo para você