Clique e assine com até 75% de desconto

7 curiosidades bizarras sobre a Arábia Saudita

O clima e as leis são brutais, mas a história e a economia são riquíssimas

Por Marcel Nadale Atualizado em 14 fev 2020, 17h36 - Publicado em 8 jun 2017, 15h44

Lar, oco lar
A cidade de Al `Ula foi fundada no século 6, numa região enriquecida pelas rotas de especiarias. Mas a maré virou, o lugar entrou em decadência e, desde 1983, virou uma labiríntica (e assustadora) cidade-fantasma.

 

Continua após a publicidade
Divulgação/reprodução/Wikimedia Commons

Pecado da carne
A culinária local usa ingredientes consagrados há séculos, como trigo, galinha, cordeiro e iogurte. Um dos pratos típicos é o biryani, um “mexidão” de arroz, muitos temperos e algum tipo de carne – até de camelo!

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
  •  

    Continua após a publicidade
    Divulgação/reprodução/Wikimedia Commons


    Cadê o Simon?
    Nos EUA, American Idol já acabou, mas na Arábia Saudita Arab Idol ainda é a maior audiência na TV. Foram quatro temporadas, com uma bancada de jurados cosmopolita: tinha dois libaneses, um egípcio e uma árabe.

     

    Continua após a publicidade
    Divulgação/reprodução/Wikimedia Commons

    Tem água, sim!
    O Golfo de Aqaba abriga um dos recifes mais complexos do mundo, com 120 espécies de corais macios e 210 de corais duros. Uma pesquisa recente revelou que das 6.751 colônias de coral estudadas 6.652 eram saudáveis.

     

    Continua após a publicidade
    Divulgação/reprodução/Divulgação

    Imagina o elevador
    Quando ficar pronto, em 2020, o Jeddah Tower deverá ser o prédio mais alto do mundo – o primeiro a chegar a 1 km de altura! Até o fim do ano passado, 38 andares já estavam prontos. Custo total: US$ 1,2 bilhão.

     

    Continua após a publicidade

     

    Continua após a publicidade
  •  

    Continua após a publicidade

    Longe do seu crush
    Leis rígidas impedem a socialização entre os sexos. É por isso que cinemas são proibidos e shopping centers não aceitam a entrada de homens solteiros! Só pais de família, devidamente acompanhados, podem ir.

     

    Continua após a publicidade

    Só no Uber
    Mulher no volante, perigo constante… de abandonar o lar! Pelo menos, essa é a justificativa das autoridades para proibir mulheres de dirigir. Se o marido não puder levá-la aonde quer ir, o jeito é contratar um motorista.

    ESTATÍSTICAS CURIOSAS

    151 execuções de pena de morte em 2015
    1,45% do território é apto para a agricultura
    45% do PIB vem do comércio de petróleo
    33,7% da população está acima do peso

    FONTES Sites Listverse, Atlas Obscura, Ecomagazine, Anistia Internacional, Business International, CIA e World Data Bank

     

    Continua após a publicidade
    Continua após a publicidade
    Publicidade