Clique e assine a partir de 8,90/mês

7 dicas que podem salvar sua vida em um incêndio

Em caso de incêndio, a primeira ordem é ligar para os bombeiros, no telefone 193. Depois, siga estas recomendações

Por Diego Meneghetti - Atualizado em 14 fev 2020, 17h36 - Publicado em 14 jun 2017, 22h02

1) NÃO FIQUE DE BOBEIRA
Se um incêndio começar na sua casa, saia o quanto antes. Muita gente fica presa e até morre porque não acredita que um pequeno foco pode se alastrar com rapidez. Se você mora em prédio, vá pelas escadas, fechando todas as portas que atravessar, para retardar a propagação das labaredas. Nunca use o elevador.

 

Continua após a publicidade

2) UM TOQUE DE PRECAUÇÃO
Durante a fuga, antes de abrir qualquer porta, coloque a mão nela para sentir a temperatura. Se ela estiver quente, não abra. Se estiver fria, abra bem devagar, mantendo seu corpo protegido atrás da porta (e não diante da passagem). Se você sentir calor ou pressão vindo do outro cômodo, feche e procure outra rota.

 

Continua após a publicidade

3) ONDE HÁ FUMAÇA…
Caso fique preso em um lugar com muita fumaça, respire pelo nariz, com fungadas rápidas. Se puder, molhe um pedaço de tecido (como uma camisa) e use-o como uma máscara, protegendo nariz e boca. Além disso, fique abaixado e rasteje para procurar uma saída, pois o ar é mais limpo junto ao chão.

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

4) SEM SAÍDA
Se não der para sair, fique atrás de alguma porta, que pode servir como uma couraça. Você também pode procurar um local próximo de uma janela, onde o socorro pode chegar. Se possível, abra a janela na parte de cima, para o calor e a fumaça saírem, e na parte de baixo, por onde você conseguirá respirar.

 

Continua após a publicidade

5) EM BUSCA DE SINAIS
Prédios comerciais são obrigados a sinalizar as saídas de emergência. Procure pelas lâmpadas de emergência – abaixo delas pode haver uma porta corta-fogo. Edifícios têm várias opções de salvamento, como hidrantes e chuveiros automáticos, então não se desespere e jamais pule pela janela.

 

Continua após a publicidade

6) SIGA O MESTRE
Prédios residenciais e comerciais precisam ter uma brigada de incêndio: um grupo de moradores ou funcionários treinados para combater incêndios, evacuar ambientes e realizar primeiros socorros. Vários edifícios também contratam bombeiros civis, com treinamento semelhante ao do bombeiro militar. Siga a orientação dessas pessoas.

 

Continua após a publicidade

7) COMO USAR UM EXTINTOR

  • Os extintores ficam em locais sinalizados, no piso ou a 1,6 m do chão. O suporte de parede é um gancho simples: para tirar o extintor, levante-o e puxe para a frente.
  • Mantenha o extintor sempre na posição vertical e confira a compatibilidade dele com o tipo de fogo. Gire a trava para romper o lacre de plástico.
  • Depois, puxe esse pino para destravar a alavanca. Aponte a mangueira para o fogo e aperte o gatilho.
  • Se o incêndio for em material sólido, como madeira ou tecido, mire o jato na base do fogo. Em líquidos inflamáveis ou equipamento elétrico, use o jato para envolver as chamas.

 

Continua após a publicidade

TIPOS DE EXTINTOR

A) Conteúdo: Água pressurizada
Este extintor é indicado para incêndios em materiais sólidos, como madeira ou papel, que queimam na superfície e no interior. A água extingue o fogopor resfriamento e abafamento

B) Conteúdo: Pó químico seco
Usado em líquidos inflamáveis (como gasolina), que queimam só na superfície. Ou em materiais sólidos e equipamentos com energia elétrica

C) Conteúdo: Gás carbônico (CO2)
Para apagar fogo em equipamentos energizados. Também pode ser usado em fogo das classes A e B, mas sem grande eficácia, pois o gás se dispersa rapidamente

ABC) Conteúdo: Pó químico seco
O mais moderno do mercado, indicado para todas as classes de incêndio (A, B ou C), exceto em produtos químicos. É o modelo presente nos carros fabricados a partir de 2010

D) Conteúdo: Pó químico
Utilizado em químicos inflamáveis, como alumínio em pó e magnésio. Nesses casos, água ou CO2 causariam reações violentas nas chamas.

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

FONTES Escola Superior de Bombeiros de São Paulo e Corpo de Bombeiros de São Paulo e do Distrito Federal; sites Pierce, E-One, Magirus, Iturri, Iveco e Holmatro

CONSULTORIA Capitão Diógenes Martins Munhoz, tenente Diego Assunção Verde, sargento Hélio Pires Braz Filho, Marco Mello, diretor da Iveco para veículos de combate a incêndio, e Cassio Rockenbach, gerente comercial da Mitren

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Publicidade