Clique e assine a partir de 8,90/mês

8 dicas estatísticas para aumentar suas chances na loteria

Nem todo vencedor da loteria é definido apenas pela sorte. Sua principal aliada é a matemática!

Por Carolina Canossa - Atualizado em 14 fev 2020, 17h42 - Publicado em 18 dez 2015, 11h08
riquesa

ILUSTRA Marcus Penna

1)Vá nos mais fáceis

Prêmios polpudos, como os da Mega-Sena, são tentadores. Mas, por isso mesmo, atraem mais concorrência. Quer levar uma bolada considerável, sem disputar com tanta gente? Invista na Lotofácil. Confira as probabilidades de vitória:

Mega-Sena: 1 em 50 milhões

Timemania: 1 em 26,4 milhões

Quina: 1 em 24 milhões

Dupla Sena: 1 em 15,9 milhões

Lotomania: 1 em 11,3 milhões

Lotofácil: 1 em 3,2 milhões

Continua após a publicidade

2) Escolha as dezenas mais sorteadas

Em teoria, todas as dezenas da Mega-Sena têm a mesma chance de sair. Mas, analisando o histórico do prêmio, não é bem assim. Há números mais frequentes. Confira os mais sorteados na história dessa premiação, até 26/10/2015:

DEZENA05 (sorteada 205 vezes)

DEZENA51 (sorteada 201 vezes)

DEZENA53 (sorteada 200 vezes)

DEZENA04 (sorteada 197 vezes)

DEZENA33 (sorteada 196 vezes)

DEZENA42 (sorteada 195 vezes)

3) Escolha as “dezenas de ouro”

Continua após a publicidade

O expert Guilhermino Ferreira, autor de Manual das Loterias, também alega existir “quinze dezenas de ouro”: se você não escolhe pelo menos três delas, sua chance é reduzida a 2%. Elas são: 05 07 13 14 16 25 28 29 37 38 43 44 53 54 60

4) Divida bem entre pares e ímpares

Estatisticamente, até hoje, só 1,2% dos sorteios da Mega-Sena selecionou seis dezenas ímpares. Seis dezenas pares ocorreram com frequência ainda menor: 1% das vezes. O ideal é sempre selecionar três ímpares e três pares – o padrão mais comum, que já rolou 29,8% das vezes. No máximo, arrisque quatro ímpares, duas pares (25% dos sorteios até hoje) ou o inverso (24,4%)

5) Esqueça as datas

“Por mais que você ame alguém da família ou queira relembrar a data do casamento, nunca aposte em datas”, diz Francisco Matos, programador que criou o site Dicas Mega-Sena. Isso restringe os palpites até a dezena 31 (máximo de dias num mês), ignorando tudo entre 32 e 60. “É muito provável que as dezenas vão se distribuir mais no espectro de opções”, conclui Matos

6) Espalhe os números

A análise estatística das que costumam ser mais sorteadas também rendem sugestões curiosas. Por exemplo: evite escolher todas as dezenas na mesma coluna vertical do volante. Um sorteio desse tipo raramente aconteceu. Também evite seis dezenas em seguida (por exemplo, 21, 22, 23, 24, 25 e 26), dezenas dobradas (como 11, 22, 44 e 55) ou que terminam com 9 ou 0

7) Participe de bolões

Assim, você aumenta suas chances de ganhar sem precisar gastar muito com as apostas. Apesar de um possível prêmio ser dividido, ainda assim a grana vai valer a pena. Se quiser continuar sozinho, em vez de fazer dois jogos na Mega-Sena com seis dezenas, faça um só, com sete. Suas chances aumentam de 1 em 50 milhões para 1 em cerca de 7,1 milhões!

Continua após a publicidade

8) Tente fora do Brasil

Nenhuma das dicas venceu seu pé frio? É hora de tentar em outros ares! Em alguns países, as probabilidades de vitória são maiores. E o prêmio é em moeda estrangeira! Mas a maioria exige cidadania para poder participar (ou para poder retirar a bolada). Confira o top 5:

JAPÃO

Probabilidade: 1 em 6 milhões

Prêmio: R$ 8,6 milhões

 

Continua após a publicidade

SUÉCIA

Probabilidade: 1 em 6,7 milhões

Prêmio: R$ 1 milhão

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

INGLATERRA

Probabilidade: 1 em 8 milhões

Prêmio: R$ 2,7 milhões

 

Continua após a publicidade

BÉLGICA

Probabilidade: 1 em 8,1 milhões

Prêmio: R$ 4,2 milhões

 

Continua após a publicidade

SUÍÇA

Probabilidade: 1 em 8,1 milhões

Prêmio: R$ 6,8 milhões

 

Continua após a publicidade

LEIA MAIS:

Quem é o homem mais rico do mundo?

Quem são os escritores mais ricos do mundo?

Qual é o vinho mais caro do mundo?

Quais são os carros mais caros do mundo?

Continua após a publicidade

FONTESThe Wall Street Journal,Reuters,Success,Huffington Post,Forbes,Business Insider, SUPERINTERESSANTE,The Daily Beast,The Week,Live Science,Smithsonian,PopscieNewser

Publicidade