Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Como o pica-pau sabe onde encontrar comida na madeira?

Por Yuri Vasconcelos Atualizado em 4 jul 2018, 20h27 - Publicado em 18 abr 2011, 18h47
759px-Celeus_flavescens_-Horto_Florestal,_Sao_Paulo,_Brazil_-male-8

O pica-pau tem um ouvido pra lá de afiado e é capaz de escutar o barulho de larvas de cupins, formigas e outros insetos se mexendo dentro do tronco das árvores. Para furar a madeira no ponto certo onde está seu rango, o pássaro também arrisca algumas bicadas para explorar o terreno. “Por meio da batida do bico, ele consegue localizar espaços ocos, onde a probabilidade de achar comida é maior”, diz o ornitólogo Luís Fábio Silveira, da Universidade de São Paulo (USP). Após furar a madeira, o pica-pau captura os insetos com uma língua pegajosa. Ao contrário da maioria dos pássaros, ele não canta, mas solta um grito característico. Existem cerca de 180 espécies de pica-paus no mundo. Entre as diversas que vivem no país, a maior é o pica-pau-rei, que chega a atingir 36 centímetros de comprimento e a pesar 200 gramas.

Sem dor de cabeça Características do crânio ajudam o pássaro a dar cem bicadas por minuto sem ficar tonto!

CRÂNIO

É muito espesso, o que garante resistência, e têm espaços internos, que ajudam a absorver o impacto das cabeçadas

MUSCULATURA

Os músculos do pescoço são muito resistentes e a língua grande se projeta por trás do crânio, reduzindo o impacto dos choques

CUPIM

Larvas de cupins, aninhadas em trechos ocos das árvores, são uma das principais fontes de alimento do pica-pau

BICO

Além de ser duro pra chuchu, o bico pontudo é “fundido”ao crânio, por isso é muito difícil ele quebrar

Continua após a publicidade
Publicidade