Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Como ocorre o sonambulismo? É realmente perigoso acordar um sonâmbulo?

Trata-se de um distúrbio benigno que ocorre na primeira das seis passagens noturnas de um sono profundo para um mais superficial: as funções motoras despertam, mas a consciência continua a dormir. Em geral, a pessoa começa a se mexer durante o sono, senta de repente na cama, levanta e sai andando, ainda dormindo. Ou seja, […]

Por Redação Mundo Estranho
Atualizado em 22 fev 2024, 10h51 - Publicado em 18 abr 2011, 19h00

Trata-se de um distúrbio benigno que ocorre na primeira das seis passagens noturnas de um sono profundo para um mais superficial: as funções motoras despertam, mas a consciência continua a dormir. Em geral, a pessoa começa a se mexer durante o sono, senta de repente na cama, levanta e sai andando, ainda dormindo. Ou seja, o sonâmbulo se movimenta, mas não sabe o que está acontecendo. Provocado por uma arritmia cerebral, geralmente hereditária, o sonambulismo ocorre em cerca de 20% das crianças de 3 a 10 anos, em torno de uma vez por ano, e depois tende a desaparecer sem deixar vestígios. Ao contrário do que se pensa, não é perigoso acordar um sonâmbulo. “Isso não passa de um mito”, afirma o neurologista Rubens Reimão, do Centro de Distúrbios do Sono do Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

O sonambulismo acontece quando a pessoa está na fase mais profunda de seu sono. Por isso, ao ser acordada, fica meio confusa, sem saber direito o que está acontecendo, mas não corre nenhum perigo. O melhor procedimento é encaminhá-la de volta para a cama. Ela continuará dormindo e, no dia seguinte, provavelmente nem se lembrará do que aconteceu.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.