GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Como surgiu o sumô?

A referência mais antiga é do século 2 a.C., há mais de 2 mil anos. Esta luta é marcada por rituais do xintoísmo – manifestação religiosa originada na pré-história do Japão. As cerimônias que antecedem os combates fazem referência a tradições dessa fé. Dois mitos explicam a origem do sumô: ele seria influenciado pela observação dos duelos entre ursos da ilha de Hokkaido ou relembraria o desafio entre os deuses Takemikazuchi e Takeminakata pelo controle das ilhas da costa de Izumo. Torneios regulares rolam desde pelo menos o século 8 e o ringue circular surgiu no século 16. Antes disso, as disputas aconteciam em qualquer lugar aberto, e o objetivo era jogar o rival ao chão. Até o século 17, os sumotori (praticantes) usavam mais roupa que os atuais. Desde lá, pouco mudou, e, no Japão, os profissionais são idolatrados.

Luta de peso
O estilo é baseado em projeções e contatos de alto impacto
TAIHO KOKI (1940-)

Nenhum atleta do século 20 superou este filho de japonesa com ucraniano nascido na ilha de Sakhalin. Em 1961, tornou-se o mais jovem yokozuna – nível mais alto do sumô. É o único a vencer ao menos um torneio por ano – foram 32 títulos entre 1960 e 1971 – e a conquistar seis campeonatos seguidos duas vezes

ESCALADA PESADA

No sumô profissional, lutado só no Japão, 8 mil atletas são agrupados em dez níveis. A cada nível avançado, crescem status e salário. E o progresso é trabalhoso: para tornar-se um yokozuna, só vencendo dois torneios seguidos. Até hoje, apenas 69 lutadores chegaram ao topo do esporte

CUECÃO SEDOSO

O mawashi, roupa típica dos lutadores, é de seda e significa que a luta é realizada sem armas, com as mãos limpas. Além disso, é fundamental para aplicar os golpes. Mas só vale segurar a faixa lateral, em volta da cintura. Quando desenrolado, o mawashi tem 9 metros de comprimento

NO ATAQUE
O objetivo é jogar o oponente no chão ou para fora do ringue
Tsuridashi

Este é simples e direto: consiste em segurar o adversário pela cintura, levantá-lo do chão e simplesmente carregá-lo para fora do círculo demarcado no solo

Abisetaoshi

Usando o peso do corpo, que pode chegar a até 360 kg nos lutadores profissionais, o atleta faz o oponente cair de costas no chão. Fim de luta!

Uwatenage

Alguns golpes do sumô lembram o judô, mas nenhum tanto quanto este. Um lutador levanta o outro e o arremessa por sobre o ombro

NA DEFESA
Resistir às investidas e se esquivar na hora certa garante vitórias
Hatakikomi

Quando o rival vem com tudo, a saída é tirar o corpo fora e impulsioná-lo ao chão. Esta esquiva já rendeu várias vitórias em campeonatos importantes

Tottari

Outra esquiva eficiente: o lutador aproveita o movimento de ataque do adversário para fazer uma alavanca e lançá-lo longe do tablado

Yaguranage

Acuado na beirada da arena, a centímetros da derrota, o lutador fica na ponta do pé e lança o rival. Não tem meio-termo: se ele erra o movimento, perde a luta

• O penteado (mage) indica o nível do lutador – os top ganham R$ 50 mil por mês – e só pode ser cortado na aposentadoria

• Os lutadores ingerem 16 mil calorias por dia e vivem dez anos a menos que a média dos japoneses

• No sumô amador, disputado fora do Japão, mulher pode lutar – vestindo macacões. O Brasil tem dois títulos mundiais

PEGA LIGEIRO
Em geral, as lutas não duram mais que 30 segundos
Solo sagrado

Sobre a arena, fica um telhado estilizado . É uma referência aos templos xintoístas japoneses. A religião também está presente nos longos rituais de introdução às lutas, que incluem a famosa jogada de sal no chão

Olho eletrônico

O juiz se veste como os antigos samurais e tem quatro auxiliares. Para tirar dúvidas, em especial se um lutador pisou fora do círculo, o sumô foi o primeiro esporte a recorrer ao videotape, ainda nos anos 80

Torcida organizada

Os ginásios reúnem até 15 mil torcedores (e, nas lutas mais importantes, até 65% das TVs ligadas do Japão). É uma plateia ativa, que joga as almofadas das poltronas para o alto ao fim de lutas importantes

Fontes William Takahiro Higuchi, campeão brasileiro de sumô amador, Confederação Brasileira de Sumô e International Sumo Federation