Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

De onde vem o termo “shippar”?

O primeiro "ship" rolou há mais de 40 anos, mas o verbo só se popularizou na década de 90

Por Luiza Wolf
Atualizado em 22 fev 2024, 10h13 - Publicado em 1 jun 2017, 14h49

 

Vem da palavra “relationship” (relacionamento, em inglês) e significa torcer para que personagens de ficção firmem uma relação. A prática se popularizou na década de 1970 com a série Star Trek: os fãs torciam por Kirk e Spock e os apelidaram de “K/S”.

Mas foi com Arquivo X que o verboshippar” (“to ship”) propriamente dito surgiu nos EUA, quando espectadores torciam para que Fox Mulder e Dana Scully (fotos) ficassem juntos.

 

No Brasil, o termo bombou durante os anos 2000, graças aos usuários do Twitter.

Com o passar do tempo, classificações deshippar” foram criadas: há o “slash ship” (um casal gay masculino, caso de “K/S”), o “femslash” (um casal feminino), o “canon ship” (o casal óbvio da série) e o “cult ship”(um casal que nunca se formou). É comum que, ao “shippar” dois personagens, os fãs criem uma junção dos nomes: Elena e Damon, de The Vampire Diaries, por exemplo, viraram Delena.

FONTES Sites Globo, Significados e Conversa Cult

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.