Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Como era gravada a série Família Dinossauro?

Veja um raio-x das fantasias com expressões mecânicas usadas pelos atores.

Por Fábio Laudonio
Atualizado em 22 fev 2024, 10h33 - Publicado em 12 nov 2015, 11h43

Lançada nos EUA em 1991 e exibida na rede Globo entre 1992 e 1995, Família Dinossauro era quase uma sitcom familiar comum… com a diferença de que os personagens eram estegossauros, tricerátopos e tiranossauros. Mas a tecnologia que permitia essa fantasia, criada pela mesma empresa dos Muppets, não era nada jurássica. Veja como ela funcionava:

Dino da Silva Sauro

Interpretação mecânica

Os atores vestiam uma “máscara-capacete” feita de espuma de látex, com crânio de fibra de vidro. Ela continha cerca de 26 servomotores bem pequenos, responsáveis por mover olhos, boca, sobrancelhas, testa e outros recursos. Combinados, eles permitiam vários tipos de expressões faciais

Continua após a publicidade

Positivo operante!

Além disso, o “cabeção” ainda tinha espaço para um microfone, que captava a voz real do ator, e um fone de ouvido, para que ele recebesse ordens do diretor. A fantasia completa era tão complexa que cada uma levou até 16 semanas para ser produzida.

Imagem do desenho animado
(Família Dinossauro/Disney/Reprodução)

Atrás das câmeras

Ao ator cabia apenas dizer as falas e andar pelo cenário. As expressões faciais eram controladas a distância, com uma luva especial plugada a um computador. Cada movimento que o marionetista fazia com a luva era interpretado por um programa e enviado, via rádio, à máscara.

Passado e futuro

A cada quatro semanas de gravação, era preciso tirar uma de folga para fazer a manutenção do sistema. “Era uma tecnologia muito inovadora para a época”, afirma Peter Brooke, da Jim Henson`s Creature Shop, empresa responsável. “E ainda pudemos aprimorá-la ao longo dos quatro anos da série.”

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.