Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Infográfico: quais os recursos e instrumentos de R2-D2?

O droide tem braços extensíveis, pinças, projetores holográficos, antenas e conectores universais

Por Luiza Wolf Atualizado em 4 jul 2018, 20h19 - Publicado em 4 Maio 2016, 12h56
R2D22

ILUSTRA Japs

O simpático droide subiu (e evoluiu) na vida. No começo da saga, ele era um robô de Naboo e trabalhava na nave real. Topava qualquer trampo: limpar o chão, instalar fiações, substituir fusíveis. Mas a sua dedicação fez com que ele ganhasse a confiança da rainha Amidala e, assim, embarcasse em aventuras. Apesar de não conseguir se comunicar muito bem (apenas C-3PO entendia o que ele falava), foi um aliado leal. Assistiu Anakin Skywalker como copiloto e foi cúmplice em missões e, anos depois, prestou serviço ao filho dele, Luke. R2 é um verdadeiro canivete suíço: à medida que passava por donos diferentes, foi ganhando mais e mais aparatos. Curiosidade: George Lucas teve a ideia de seu nome porque, anos antes de Star Wars, alguém no estúdio pediu pelo “rolo 2, diálogo 2” usando essa mesma sigla.

1) Sistema de imagem visual auxiliar e extensivo

R2-D2 é baixinho (mede 1,09 m), mas esse mecanismo faz com que ele consiga enxergar além – e acima. Esse sistema periscópico também pode detectar formas de vida

2) Projetor holográfico

“Ajude-me, Obi-Wan Kenobi. Você é minha única esperança.” A mensagem de Leia jamais teria sido entregue se o não fosse o projetor do dróide, que transmite imagens gravadas

3) Braço de interface universal

É o mecanismo mais importante que se conecta a máquinas. Foi com ele que R2-D2 ativou o elevador para auxiliar a missão de Anakin e Obi-Wan no início do Episódio III, por exemplo

4) Foguetes de propulsão

Ajudam-no a decolar, mas também podem ser usados como arma: no Episódio III, o pequeno robô os utilizou para incendiar dois superdroides de batalha

Continua após a publicidade

5) Compartimento de braços de interface

É daqui que saem seus membros extensíveis. Cada um deles tem uma função: um é uma pinça que pega objetos, enquanto outros se conectam a computadores e naves

6) Sistema de locomoção

Para auxiliar na sua movimentação, R2 tem duas pernas de uma terceira, que é retrátil e feita para que ele possa andar em terrenos irregulares

LEIA MAIS

Como funcionava o animatronic de Yoda?

18 selos de Star Wars para voltar a mandar cartas

O que os robôs enviados pela Nasa para Marte podem fazer?

3 robôs fofos (de verdade!) criados para conversar com você

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

Impressa + Digital

Plano completo da Super. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)