Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

O que é gravidez psicológica?

É um distúrbio emocional que faz com que as mulheres apresentem todos os sintomas de uma gestação sem que estejam grávidas. 

Por Luiza Sahd Atualizado em 4 jul 2018, 20h16 - Publicado em 27 Maio 2013, 15h46

Conhecida clinicamente como pseudociese, a gravidez psicológica pode estender-se pelos mesmos nove meses da gravidez real se não for tratada. E não ocorre só em mulheres. É frequente em cadelas e gatas – e uma variante afeta até homens!

O primeiro registro do fenômeno foi feito pelo pai da medicina, o grego Hipócrates, em 300 a.C. Em seus escritos, descreve 12 mulheres que “imaginam que estão grávidas ao verem que sua menstruação está atrasada e suas barrigas então inchadas”.

– Como é feito um parto normal?

EXAME VAZIO

Causas, sintomas e tratamentos da pseudociese.

Ligeiramente grávida

Os sintomas-padrão são: inchaço das mamas e do abdômen, aumento da temperatura corporal, sonolência, enjoos, “desejos de grávida” e até lactação. Há mudanças hormonais, mas os níveis do hormônio beta HCG, central na gravidez, não mudam.

Doutor, eu não me engano

O tratamento é feito com psicoterapia, por vezes acompanhada de antidepressivos. Certas da gravidez, é comum que nem provas concretas – testes, ultrassons etc. – convençam as pacientes do distúrbio.

Continua após a publicidade

Filhote inanimado

Gatas e cadelas também podem sofrer de pseudociese. Dois meses após o cio, elas ficam barrigudas e produzem leite. Por vezes, chegam a construir ninhos e “adotar” objetos como filhotes. O ideal é procurar um veterinário e ver se vale a pena o uso de medicamentos.

Mente fértil

As causas da pseudociese não são totalmente conhecidas. Geralmente, aparece em mulheres com tendências depressivas, com muito desejo de engravidar, ou as que imaginam que a gravidez impediria o fim de um relacionamento.

QUERIDA, ACHO QUE ESTOU GRÁVIDO

Homens também têm condição parecida.

No homem, a gravidez psicológica é diferente. Conhecida como Síndrome de Couvade, transparece a empatia com a gravidez (real) da parceira. Enjoos, “desejos de grávida”, sonolência e aumento da barriga são comuns.

CONSULTORIA: Alessandra B. C. Rubino, ginecologista e obstetra do Hospital Albert Einstein; Mara Maranhão, psiquiatra do Hospital Albert Einstein.

FONTE: Artigo Pseudocyesis and Psychiatric Sequelae of Sterilization, de Peter Barglow.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

Impressa + Digital

Plano completo da Super. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)