GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

O que é uma ultramaratona?

É qualquer corrida a pé com distância superior à da maratona, 42.195 m.

Ultramaratona Ultramaratona

Ultramaratona (/)

ilustra Camaleão

edição Felipe van Deursen

É qualquer corrida a pé com distância superior à da maratona, 42.195 m. Apesar de praticada em muitos países e contar com uma associação internacional, a modalidade não tem regras específicas. Cada ultra, como é chamada, determina sua própria distância – as mais comuns são de 50 km e 100 km. Os pisos percorridos também variam bastante. Pode ser asfalto, terra, trilha ou tudo isso e mais um pouco. Na maioria das provas, o cronômetro é contínuo da largada à chegada, ou seja, a corrida não para. Em outras, o atleta cobre um trecho por dia. Há também competições contra o relógio: o vencedor é quem fizer a maior distância em um determinado tempo.

Atletas itinerantes

As provas podem superar com folga 30 horas de duração, então cada atleta leva uma minicasa consigo: comida, água e medicamentos são fundamentais. Em algumas competições, tudo isso deve caber em uma mochila nas costas. Em outras, uma equipe de apoio o acompanha em um carro. É normal ver os assistentes correrem ao lado do corredor, cuidando da sua condição física

Não é pra qualquer um

Há uma série de restrições para participar de uma ultramaratona. Primeiro, é preciso estar em dia com o corpo e apresentar uma série de exames médicos. Segundo, é necessário ser convidado pela direção da prova ou, para os menos experientes, entregar um currículo esportivo que prove a capacidade de concluir o percurso

Endorfina!

O desgaste é extremo, mas nem sempre é preciso ser um superatleta para completar uma ultra. A maioria dos competidores está na faixa dos 40 anos. Muitos dos atletas participavam, anteriormente, de grandes peregrinações. Tem também o fator felicidade, comum entre corredores em geral. A liberação do hormônio endorfina durante a corrida dá a sensação de euforia, levando a pessoa a seguir em frente

Não é pra qualquer um mesmo!

Sem grana não se vai a lugar algum. Os gastos já começam com a preparação física meses antes da corrida. Coloque na conta os custos com passagens aéreas e hospedagem no local da prova para o atleta e toda a equipe, além da taxa de inscrição, que não costuma ser barata. Para complicar, a maioria das provas não oferece prêmios em dinheiro

Pedras no caminho

No calor intenso, os atletas sofrem com tonturas, desidratação e alucinações. A fadiga pode provocar náuseas e vômitos, além de câimbras e lesões musculares. Sem falar nas bolhas de sangue nos pés, que em algum momento infernizarão a vida dos corredores. E ainda há a variação de temperatura, pois há períodos de corrida intensa no calor e de descanso no frio da noite. Ou seja, os competidores podem sofrer hipotermia

Corridas malucas

Algumas das ultras mais puxadas do mundo

Badwater135

ONDE – Parque Vale da Morte, EUA

TIPO – 217 km contínuos, com equipe

Considerada a mais difícil do mundo, ela liga o ponto mais baixo da América do Norte (86 m abaixo do nível do mar) até a base de uma montanha, a 2.530 m. Isso em uma região desértica, a até 50 ºC. É tanto calor que às vezes é preciso correr sobre a faixa branca do asfalto para que a sola do tênis não derreta!

BR135+

ONDE – Caminho da Fé, divisa SP-MG

TIPO – 217 ou 257 km contínuos, com equipe

O famoso percurso dos romeiros recebe a principal ultramaratona brasileira, que classifica para a Badwater. No calor de janeiro, o atleta corre em estrada de chão, num sobe e desce contínuo. Para piorar, o sol de rachar pode dar lugar a temporais e granizo. Em média, 60% conseguem completar a prova

6633 Arctic Ultra

ONDE – Círculo Polar Ártico, Canadá

TIPO – 193 ou 563 km contínuos

A temperatura chega a -30 ºC, não há equipe de apoio e os atletas carregam comida, água e saco de dormir em um trenó, por oito dias. Há quem a considere mais radical que a Badwater. Só 11 pessoas terminaram o maior percurso da prova, cuja inscrição custa R$ 15.500

Maratona das Areias

ONDE – Deserto do Saara, Marrocos

TIPO – 250 km em 6 estágios

Mesmo com três mortes já registradas, todo ano mais de mil atletas pagam R$ 19.400 para correr pelas trilhas do Saara. Dividida em estágios cronometrados, os participantes carregam a própria comida e um kit de sobrevivência. A água é fracionada e só pode ser obtida nos postos de controle

Spartathlon

ONDE – De Atenas a Esparta, Grécia

TIPO – 246 km contínuos

Prova que mistura asfalto, trilhas e montanhas. Ela se destaca por ter 75 postos de controle. Além de disponibilizar água e comida, eles estabelecem um tempo de corte. Os participantes precisam vencer cada trecho dentro do limite. Senão, são desclassificados

LEIA TAMBÉM

– Qual maratona teve mais competidores em todos os tempos?

– Quem venceu a Corrida Maluca?

Consultoria Mário Lacerda, ultramaratonista e diretor de prova da BR135+

Fontes Sites Darbaroud, Spartathlon, 6633Ultra, Badwater, Brazil135, Outside Online, Runner¿s World, Running Competitor e Ultramarathon Running; documentário Running for Life: Badwater Ultra Marathon Race 2014