GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

O que torna os motores em “V” mais potentes que os outros?

Bem, não é o fato de um carro ter motor em “V” que o torna mais potente. A cilindrada – o volume total dos cilindros do motor – é muito mais importante nesse aspecto do que a forma como os cilindros estão dispostos, em “V” ou “em linha”. Os motores dos automóveis funcionam com pequenas explosões de gasolina misturada com ar comprimido, reação que ocorre exatamente nos cilindros. As explosões movimentam um pistão, que por sua vez aciona uma seqüência de engrenagens que fazem o carro andar. Quanto maiores forem as explosões, maior será a capacidade de o carro andar rapidamente. Assim, quanto maior a cilindrada de um motor, mais chances de a potência ser maior também. Normalmente, os carros de passeio têm quatro cilindros. Se cada um deles tiver meio litro de capacidade volumétrica, a cilindrada total do motor será de 2 litros, ou seja, é o tal carro “2.0”.

E o que o motor em “V” tem a ver com essa história? Pois bem, nos motores normais, os cilindros costumam ficar um atrás do outro, por isso são chamados de “em linha”. Os carros V6, V8 etc. dispõem os cilindros metade de cada lado do motor. Só esse formato, isoladamente, não traz nenhuma garantia de potência maior, mas permite que mais cilindros caibam num mesmo espaço de motor. E aí, sim, quanto mais cilindros o carro tiver, mais cilindrada e potência ele pode ter.

Formato econômico
Cilindros “em linha” ocupam mais espaço

Motor em “V”

Um motor “V6” tem seis cilindros, três de cada lado. Esse formato economiza espaço e permite encaixar mais do que quatro cilindros no motor. O aumento no total de cilindrada pode garantir potência maior. É possível ter um veículo com até 12 cilindros “em linha”, mas o problema é que seu motor fica grande demais

Motor “em linha”

Esse típico motor “em linha” tem quatro cilindros, cada um com seu pistão. A cada minuto, centenas de microexplosões dentro dos cilindros movimentam os pistões para baixo e para cima, fazendo várias engrenagens girarem e o carro andar