Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Os 10 maiores barracos em sets de filmagem

Levada à exaustão por Stanley Kubrick no set de O Iluminado, Shelley Duvall chegou a ter que regravar a mesma cena 127 vezes

Por Marcelo Testoni Atualizado em 14 fev 2020, 17h25 - Publicado em 24 Maio 2018, 18h19

Isso Hollywood não mostra, mas atores e diretores de cinema estão acostumados a sair no tapa. Os motivos por trás dos conflitos são sempre os mesmos: falta de respeito, assédio, disputas de egos e até ameaças. A seguir, os melhores bafões.

1) Bruce Willis X Kevin Smith

Reprodução/Divulgação/Mundo Estranho

Os bastidores da comédia Tiras em Apuros (2010) não foram nada engraçados, revelou no livro Tough Shit, o diretor Kevin Smith, culpando o ator Bruce Willis. Os dois se conheceram durante as filmagens de Duro de Matar 4.0 (2007), no qual Willis é o protagonista e Smith fez uma pequena participação. O aparente entrosamento entre os dois existia, mas no segundo filme o comportamento de Willis teria desagradado o cineasta, que o classificou como “preguiçoso, infeliz e improdutivo”.

2) George Clooney X David O. Russell

Reprodução/Divulgação/Mundo Estranho

David O. Russel, guarde este nome. O cara “é um dos diretores que mais dão raiva de se trabalhar”, escreveu George Clooney em carta enviada ao próprio algoz, que o dirigiu em Três Reis (1999). O galã vivia em clima de tensão nos bastidores ao ver a maneira como era tratada a equipe de O. Russel. Gritos, assédios e humilhações traumáticas eram constantes. Logo no final das gravações do filme, rolou até porrada. George não suportou ver um assistente de produção ser escorraçado pelo cineasta e partiu para a discussão. O que obteve foi uma série de ofensas e cabeçadas.

3) Stanley Kubrick X Shelley Duvall e Scatman Crothers

Reprodução/Divulgação/Mundo Estranho

Ao longo da carreira, Stanley Kubrick ficou conhecido por ser um diretor muito linha dura. Que o digam os astros Shelley Duvall e Scatman Crothers, ambos de O Iluminado (1980). Os dois quase enlouqueceram no filme. Duvall, por ser muito espontânea, gostava de criar cenas de improviso, o que não agradava nem um pouco a Kubrick. A atriz e o cineasta travavam verdadeiras disputas em cena, mas quem saía perdendo era Duvall, que uma vez gravou uma mesma tomada 127 vezes. A insônia a deixou estressada e até fez seu cabelo cair. Crothers, por sua vez, chegou a chorar por regravar 85 vezes uma sequência.

4) Megan Fox X Michael Bay

Reprodução/Divulgação/Mundo Estranho

Questionada por um repórter da imprensa britânica sobre os pontos positivos e os negativos de ter trabalhado com o diretor Michael Bay em Transformers (2007), a estrela do filme Megan Fox soltou: “Ele quer ser como Hitler em seus sets, e ele é. É um pesadelo trabalhar com ele, mas quando ele está longe do set e não está no modo diretor, eu realmente gosto da sua personalidade, porque ele é tão desajeitado. Ele não tem habilidades sociais e é cativante vê-lo. Ele é vulnerável e frágil na vida real e, em seguida, no set ele é um tirano”. Mais alguma pergunta?

  • 5) Faye Dunaway X Otto Preminger e Roman Polanski

    Reprodução/Divulgação/Mundo Estranho

    Indomável é a definição para a atriz Faye Dunaway, que costuma peitar seus diretores. Com Otto Preminger, de O Incerto Amanhã (1967), ela travou uma rixa tão longa que fez um pedido judicial para cancelar um contrato que tinham para mais seis filmes. Já nos bastidores de Chinatown (1974), corre a lenda de que a atriz foi impedida pelo diretor Roman Polanski de usar o banheiro enquanto filmava e depois atirou um copo cheio de urina nele.

    Continua após a publicidade

    6) Alfred Hitchcock X Tippi Hedren

    Reprodução/Divulgação/Mundo Estranho

    Famoso pela frase “todos os atores deveriam ser tratados como gado”, o diretor Alfred Hitchcock foi acusado de assédio sexual por Tippi Hedren, estrela de seu filme Os Pássaros (1963). E não para por aí, o mestre do suspense não gostava de atrizes novatas e teria “batizado” Hedren, a fazendo regravar o final do thriller cinco vezes em meio a um ataque real de corvos selvagens.

    7) Jake Gyllenhaal X David Fincher

    Reprodução/Divulgação/Mundo Estranho

    O ator Jake Gyllenhaal penou na mão do diretor David Fincher, em Zodíaco (2007). Segundo Gyllenhaal, os dois brigavam muito porque Fincher deletava todas as suas cenas gravadas e, em seguida, queria que elas fossem refeitas. O diretor confessou em entrevista ser bastante exigente com o trabalho, mas omitiu a parte que, de acordo com Gyllenhaal, ordenava, diante do ator, para que os câmeras “apagassem as últimas 10 tomadas”.

    8) Lars Von Trier X Björk

    Reprodução/Divulgação/Mundo Estranho

    O apelido de Lars Von Trier entre seus colegas é “infante terrível”, e não é por acaso. A parceria com a cantora Björk, no filme Dançando no Escuro (2000), fez o cineasta mostrar o seu pior lado. Em seu site, Björk publicou: “o que mais me chateou durante as gravações foi a crueldade com que Lars trata as mulheres com quem ele está trabalhando”. Os dois não se entendiam, desfaziam um o trabalho do outro, e ao final da produção nem se olhavam.

    9) Joel Schumacher X Val Kilmer

    Reprodução/Divulgação/Mundo Estranho

    Com fama de ser arrogante, o ator Val Kilmer teve de andar na linha com o diretor Joel Schumacher. Em Batman Eternamente (1995), o astro metido foi flagrado humilhando um dos assistentes de set e levou uma advertência pública do cineasta. Depois do episódio, Kilmer ignorou Schumacher por duas semanas, o que foi uma verdadeira “benção”, revelou o diretor.

    10) Kim Basinger X Adrian Lyne

    Reprodução/Divulgação/Mundo Estranho

    O cineasta Adrian Lyne explora não só a sexualidade, como também o estresse em seus filmes. Em 9 1/2 Semanas de Amor (1986), promoveu a atriz Kim Basinger a protagonista, mas em troca a fez engolir o pão que ele amassou. Para criar um colapso mental em sua personagem, ele isolou a moça do elenco e contou mentiras sobre ela para toda a produção. Seu par, Mickey Rourke, até foi treinado para evitá-la em cena.

    FONTES sites da revista Playboy, do Youtube e TMZ.com

    Continua após a publicidade
    Publicidade