Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Por que a água apaga o fogo?

É um fenômeno que surge em reações químicas de combustão - quando uma substância, ao combinar com oxigênio, se transforma em outra

Por Redação Mundo Estranho Atualizado em 4 jul 2018, 20h11 - Publicado em 18 abr 2011, 18h59

Bombeiro

O fogo é um fenômeno que surge em reações químicas de combustão – quando uma substância, ao combinar com oxigênio, se transforma em outra, liberando energia na forma de calor e de luz (as chamas). Ele pode ser apagado resfriando o material incendiado, retirando o fornecimento de oxigênio ou interferindo nas reações químicas que ocorrem nas chamas. A água realiza duas dessas funções: sua conversão em vapor absorve o calor e o vapor substitui o ar nas proximidades da chama, cortando o suprimento de oxigênio. Convém lembrar que a água apaga o fogo quando é jogada sobre ele mas, em alguns casos, quando ela está sob o material em chamas, não interfere no fogo, mesmo estando em contato com ele. É o caso de incêndios em derivados de petróleo. Como esses produtos são mais leves que a água, eles bóiam e, se pegarem fogo, vão se incendiar normalmente, sem que a presença da água possa impedir.

  • Relacionadas
  • Publicidade