GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Por que a saliva não mata a sede?

Porque a sede e a saliva nunca andam juntas. Quando estamos com sede, não temos saliva – a ausência do líquido é um “aviso” para que nosso corpo se hidrate. Além disso, ela é composta de 99% de água – e, quando estamos desidratados, falta água no nosso organismo inclusive para produzir mais saliva. “O adulto libera em média 1 litro de saliva todos os dias, enquanto nossa necessidade diária de água é de 2,5 a 3 litros”, diz o odontólogo Artur Cerri, da Universidade de Santo Amaro. Há ainda outros fatores que explicam por que a saliva não sacia a sede. “O restante da sua composição inclui proteínas, aminoácidos e sais minerais, que dão ainda mais sede”, diz Sidnei Goldmann, dentista de São Paulo. Mas, afinal, qual a função da saliva? Ela ajuda no início da digestão dos alimentos, neutraliza a acidez da boca, previne cáries, mata bactérias indesejadas e auxilia na fala – como lubrifica a boca e a faringe, mantém o aparelho fonador em bom estado, garantindo que a voz saia corretamente. A falta de saliva é mau sinal para nosso corpo: podem rolar problemas gastrointestinais, aftas e cáries. Quando você estiver com sede, morder a língua ou mascar chiclete são truques que aumentam a saliva.