Assine SUPER por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Por que ficamos vermelhos quando sentimos vergonha?

Na natureza, o homem é a única espécie que sofre com esse efeito

Por Luiz Felipe Silva
Atualizado em 22 fev 2024, 10h38 - Publicado em 8 jan 2015, 17h20

Pergunta do leitor – Thiago Bio Bemfica Mattos,

Embu das Artes, SP

Porque diante de uma situação de constrangimento, de stress ou até de medo, nosso corpo libera o hormônio adrenalina, que aumenta o fluxo de sangue e dilata os vasos sanguíneos do rosto, ocasionando a vermelhidão. O responsável por isso, explica o dr. Ricardo Arita, neurofisiologista da Unifesp, é o sistema nervoso simpático, que reage de forma involuntária a essas situações. Além da vasodilatação, os efeitos da adrenalina – que não ultrapassam três minutos – são o aumento do batimento cardíaco, a aceleração da respiração, a dilatação da pupila e a produção acelerada de suor com odor mais intenso. Ainda não existe uma explicação conclusiva para o fato de apenas o rosto enrubescer, mas a hipótese atualmente mais aceita é a de que, além da alta vascularização, a região facial tenha pele mais fina que o restante do corpo. Na natureza, o homem é a única espécie que sofre com esse efeito, definido pelo biólogo britânico Charles Darwin como “a mais peculiar e humana de todas as expressões”.

LEIA MAIS

Continua após a publicidade

– Timidez é genética?

-Por que algumas pessoas têm olhos de cores diferentes?

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A ciência está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por SUPER.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.