Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Por que o bolo cresce quando vai para o forno?

O que rola na sua cozinha é pura química! A gente explica as reações e a principal função dos ingredientes

Por Lucas Ebbesen
Atualizado em 14 fev 2020, 17h36 - Publicado em 9 jun 2017, 19h52

PERGUNTA Lucas T. Souza, Governador Valadares, MG

QUÍMICA DO BOLO
O principal ingrediente para o crescimento de um bolo é o fermento, mas não é qualquer um: tem que ser o fermento químico em pó – e seu nome não é à toa. Três componentes químicos inseridos no fermento são fundamentais para que o bolo cresça e tome forma: bicarbonato de sódio (NaHCO3), fosfato monocálcico (Ca(H2PO4)2) e pirofosfato ácido de sódio (Na2H2P2O7).

REAÇÃO RÁPIDA
Ao misturar o fermento à massa, o fosfato monocálcico e o bicarbonato de sódio reagem com o ingrediente líquido utilizado para fazer o bolo (como leite ou água). A reação ocasiona a formação de gás carbônico (CO2), que libera pequenas bolhas, responsáveis pelo crescimento da massa – e ela já começa a crescer quando está sendo misturada, geralmente na batedeira.

AJUDINHA QUENTE
O calor do forno faz com que o pirofosfato ácido de sódio e o bicarbonato de sódio reajam mais rapidamente e gerem mais gás carbônico. Assim, mais e mais bolhas são liberadas, e a massa se expande. Por isso, se a temperatura não estiver bem regulada ou se a porta do forno for aberta antes de a massa ganhar corpo, o bolo embatuma ou fica solado – e aí já era!

ESTÁ VIVO!
A receita do bolo pede o fermento químico, que garante o crescimento rápido da massa. Outro tipo de fermento, o biológico, age de forma diferente: ele tem leveduras, micro-organismos que absorvem, por exemplo, a glicose presente na farinha de trigo, gerando gás carbônico e etanol. Geralmente usado em pães, o fermento vivo tem reação muito lenta, e, por isso, é preciso deixar a massa descansando para que a receita fique boa.

PARA QUE SERVE CADA INGREDIENTE
Açúcar: garante a fofura, pois retém CO2
Farinha: seu amido gera a firmeza da estrutura
Ovos: a clara ativa a reação dos ingredientes
Leite ou água: reage com o bicarbonato, assegurando a maciez e o crescimento

CONSULTORIA Sandra Regina Cecatto Antonini, professora titular do Departamento de Tecnologia Agroindustrial e Socioeconomia Rural do Centro de Ciências Agrárias da UFSCar – Campus Araras e autora do livro Microbiologia da Fermentação Alcoólica

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.