Clique e assine a partir de 8,90/mês

Por que sentimos choque quando batemos o cotovelo?

Tudo culpa do nervo ulnar

Por Redação Mundo Estranho - Atualizado em 14 fev 2020, 17h47 - Publicado em 18 abr 2011, 19h00
cotovelo

Trata-se de um engano dos sentidos conhecido como parestesia, expressão usada para designar qualquer tipo de sensação não causada por estímulos externos, como picadas, queimaduras ou dores. Na região do cotovelo encontra-se um feixe de fibras nervosas chamado de nervo ulnar. Como esse feixe fica muito exposto, é fácil tocá-lo diretamente.

A função dos nervos é transmitir ao cérebro mensagens sobre as sensações percebidas pelos receptores de tato, temperatura, choque ou dor, por meio de impulsos elétricos. A batida no cotovelo estimula o nervo ulnar, provocando uma descarga elétrica que gera uma falsa informação de dor. “Ao excitar diretamente o feixe nervoso, o estímulo é transmitido ao cérebro e sentido como se fosse um choque aplicado na mesma região do antebraço e da mão onde se distribuem as fibras desse nervo”, diz o neurologista Benito Pereira Damas, da Unicamp.

LEIA MAIS

– Como os peixes-elétricos geram eletricidade?

– Como a enguia elétrica se protege do próprio choque?

Continua após a publicidade
Publicidade