Clique e assine a partir de 8,90/mês

Quais foram os piores atletas da história dos Jogos Olímpicos?

Por Redação Mundo Estranho - Atualizado em 4 jul 2018, 20h20 - Publicado em 18 abr 2011, 18h49

Essa é uma das poucas categorias do anedotário olímpico que não se perdeu no passado. Atletas péssimos continuam pululando, já que muitos países sem tradição no esporte nem fazem seletivas, simplesmente convidam alguém. Foi por essa porta que o analista de sistemas Eric Moussambani, da Guiné Equatorial, foi parar na piscina de Sydney-2000. Eric aprendera a nadar fazia meses. E nunca tinha disputado uma competição de 100 metros. O que para ele era uma árdua maratona: na metade da prova o rapaz perdeu o fôlego. E arrastou-se nadando cachorrinho até o final, completando os 100 metros em 1min52. Para comparar, Thorpe faria o dobro dessa distância em 1min45 nos mesmos Jogos. Um caso parecido aconteceu nas pistas, em Montreal-76. O haitiano Wilnor Joseph completou a eliminatória dos 800 metros livres em 2min15s26. Nada mais do que quatro segundos acima da marca do vencedor. Do vencedor dos Jogos de 1896… Mas nada supera o caso do garçom Hermann Ratjin. A Alemanha nazista não tinha boas mulheres para o salto em altura em Berlim-36. Para tentar garantir uma medalha, chamaram o rapaz, de feições delicadas. Inscreveram-no com o nome de Dora e arranjaram-lhe roupas de mulher. Mas o travesti decepcionou: terminou em quarto lugar.

Publicidade