GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Qual é o domínio de Internet mais caro?

Sex.com, vendido por 14 milhões de dólares no ano passado. O empresário Gary Kremen, que botou a fortuna no bolso, registrou o endereço eletrônico em 1994, já prevendo que, se a internet desse certo, ele poderia ganhar alguma coisa com aquela página. Mas em 2000, quando já estava claro que o sex.com valia muito mais do que “alguma coisa”, Kremen teve que ir à Justiça para manter a propriedade do endereço. Um plano diabólico tinha sido tramado para tomar-lhe a paternidade e fazer o site gerar milhões. Em resumo, o plano foi o seguinte: um empresário chamado Stephen Cohen apresentou um documento falsificado de transferência de propriedade do sex.com para a Network Solutions Incorporated, que hospedava o endereço; em seguida, registrou uma empresa nas Ilhas Virgens Britânicas e com ela transformou o site em um megaportal de pornografia, que, em 2000, recebia cerca de 25 milhões de acessos diariamente, rendendo 17 milhões de dólares por ano ao seu dono. Kremen descobriu a história toda, processou Cohen e ganhou a disputa, reavendo a propriedade do sex.com, agora valorizado pelo trabalho clandestino. Quase seis anos depois, em janeiro de 2006, um grupo de Boston (EUA) chamado Escom pagou os tais 14 milhões de dólares para passar a operar o portal de sacanagem. A princípio, o objetivo deles era liderar o mercado de entretenimento adulto digital, mas não estranhe se amanhã eles repassarem o domínio por alguns milhões a mais do que pagaram.