Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Qual o recorde olímpico mais antigo ainda vigente?

Por Luiza Andrade
Atualizado em 22 fev 2024, 10h45 - Publicado em 5 set 2012, 17h30

É o salto em distância masculino cravado em 8,9 m durante a olimpíada do México, em 1968, pelo norte-americano Bob Beamon. O atleta estraçalhou a marca anterior (8,27 m), elevando-a em 63 cm – geralmente, as quebras de recordes diferem em poucos centímentros. O “voo” de Beamon foi tão expressivo que nem pôde ser medido pelos equipamentos ópticos da época. Foi preciso usar uma fita métrica comum! Até agora, ele só foi superado fora dos Jogos Olímpicos: em 1991, o norte-americano Mike Powell saltou 8,95 m. Entre os brasileiros, o recorde olímpico que mais durou foi o do velocista Joaquim Cruz nos 800 m dos Jogos de Los Angeles (1984). Ele fez a prova em 1 minuto e 43 segundos cravados, mas 12 anos depois o norueguês Vebjorn Rodal cumpriu o mesmo percurso dois centésimos mais rápido.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.