GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Qual o recorde olímpico mais antigo ainda vigente?

É o salto em distância masculino cravado em 8,9 m durante a olimpíada do México, em 1968, pelo norte-americano Bob Beamon. O atleta estraçalhou a marca anterior (8,27 m), elevando-a em 63 cm – geralmente, as quebras de recordes diferem em poucos centímentros. O “voo” de Beamon foi tão expressivo que nem pôde ser medido pelos equipamentos ópticos da época. Foi preciso usar uma fita métrica comum! Até agora, ele só foi superado fora dos Jogos Olímpicos: em 1991, o norte-americano Mike Powell saltou 8,95 m. Entre os brasileiros, o recorde olímpico que mais durou foi o do velocista Joaquim Cruz nos 800 m dos Jogos de Los Angeles (1984). Ele fez a prova em 1 minuto e 43 segundos cravados, mas 12 anos depois o norueguês Vebjorn Rodal cumpriu o mesmo percurso dois centésimos mais rápido.