GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Que lançamentos de aparelhos eletrônicos fizeram mais sucesso?

O primeiro foi a câmera fotográfica Kodak Instamatic 100, lançada em 1963. O mais recente foi o iPhone, lançado há dois meses e esgotado já no primeiro fim de semana de vendas. Entre os dois produtos há uma longa lista de sucessos e fracassos. Do lado dos queridinhos do público encontram-se quase todos os videogames, com destaque para o PlayStation 2, o console maisvendido da história. Ironicamente, a lista dos lançamentos supervalorizados pelas empresas e desprezados pelo público é encabeçada pelo fiasco mais recente do mundo dos games: o PlayStation 3, que tinha a pretensão de causar tanto furor quanto o seu antecessor, mas foi triturado pelos concorrentes da Nintendo, o Wii, e da Microsoft, o Xbox 360. Até a Apple, responsável pelos dois últimos megassucessos do mercado de eletrônicos, o iPod e o iPhone, já teve suas bolas fora. Em 1993, o Newton, primeiro computador de mão, prometia um sucesso estrondoso e acabou sendo um fracasso fenomenal.

Garanta já o seu!
Desde os anos 60 alguns lançamentos eletrônicos têm seus dias de iPhone

Kodak Instamatic 100 (Kodak)

Ano de lançamento – 1963

Preço – US$ 15,95

Vendas no 1º ano – 4 milhões de aparelhos

Vendas totais – 10 milhões

Foi a primeira câmera fotográfica criada com o objetivo de facilitar o uso por pessoas sem nenhum conhecimento técnico de fotografia. O filme vinha dentro de um cartucho de plástico e o usuário podia retirá-lo da máquina sem se preocupar com a exposição dele à luz

Apple II (Apple)

Ano de lançamento – 1977

Preço – US$ 1 298

Vendas no 1º ano – 35 mil aparelhos

Vendas totais – 2 milhões

Primeiro computador pessoal vendido em larga escala, tinha a vantagem de vir pronto para usar – até então os micros eram kits para ser montados pelo usuário, o que demandava um certo conhecimento de eletrônica. Seu único defeito era possuir apenas letras maiúsculas

Playstation 2 (Sony)

Ano de lançamento – 2000

Preço – US$ 299,99

Vendas no 1º ano – 20 milhões de aparelhos

Vendas totais – 120 milhões

O sucesso do PlayStation 1 gerou euforia no lançamento do sucessor: milhares de pessoas passaram a noite em frente às lojas para assegurar o seu. Apesar de alguns problemas iniciais relacionados à reprodução de DVDs, o PS2 correspondeu às expectativas, tornando-se o mais vendido da história

iPod (Apple)

Ano de lançamento – 2001

Preço – US$ 399

Vendas no 1º ano – 1 milhão de aparelhos

Vendas totais – 100 milhões

Mais do que um simples tocador de música digital, tornou-se um ícone cultural e transformou a maçãzinha da Apple em um objeto de desejo. O lançamento de novos modelos e acessórios mantém as vendas em alta até hoje

Atari 2600 (Atari)

Ano de lançamento – 1977

Preço – US$ 249,95

Vendas no 1º ano – 250 mil aparelhos

Vendas totais – 15 milhões

O Atari 2600 foi o videogame que popularizou o uso de cartuchos, mas os usuários demoraram um pouquinho para dar o devido valor a isso, mesmo porque os melhores jogos só chegaram ao mercado alguns meses após o lançamento do console

Walkman (Sony)

Ano de lançamento – 1979

Preço – US$ 200

Vendas no 1º ano – 1 milhão de aparelhos

Vendas totais – 200 milhões

Estranhamente, esse rádio portátil – que toca fitas cassete, além de AM e FM – só virou hit quatro meses depois do lançamento. Mas aí foi uma loucura, principalmente entre os jovens profissionais, que tinham dinheiro próprio para investir no aparelho

Celular Dynatac 8000x (Motorola)

Ano de lançamento – 1983

Preço – US$ 3 995

Vendas no 1º ano – 300 mil aparelhos

Vendas totais – 300 mil*

Mesmo com o preço salgado, o primeiro celular da história rendeu listas de espera no mundo inteiro. Pelo tamanho, mais parecia um rádio de pilha: pesava 800 gramas, mas, na época, o que incomodava mesmo era a bateria, que suportava apenas 35 minutos de conversa

iPhone (Apple)

Ano de lançamento – Junho de 2007

Preço – US$ 499 a US$ 599

Vendas totais – 1 milhão (até 6 de julho)

Apesar de ser monopólio da operadora AT&T e ter problemas relacionados à bateria e à memória, já tem uma fila de espera gigantesca, após sumir das lojas em poucos dias. E o lançamento ainda é exclusivo do mercado americano. Logo, os números devem subir

* Depois de alguns meses no mercado, o modelo foi substituído por um mais moderno