Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Que língua Jesus falava?

Não era dothraki.

Por Tiago Cordeiro Atualizado em 4 jul 2018, 20h28 - Publicado em 1 out 2015, 17h54

PERGUNTA DO LEITOR Kaique Rossoni, Colatina, ES

ILUSTRA Mauricio Planel

Aramaico. Isso é consenso entre historiadores e defendido pela Igreja. Mas de vez em quando surge uma polêmica.

Em 2014, o papa Francisco e Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel, debateram o assunto em Jerusalém. “Jesus esteve aqui, nesta terra. Ele falava hebraico”, disse o líder israelense. Francisco interrompeu: “Aramaico”. Netanyahu retrucou: “Falava aramaico, mas sabia hebraico”.

Continua após a publicidade

Ele tem um ponto. As lideranças judaicas da época falavam hebraico. Como Jesus conviveu com elas, entendia a língua.

– + Que homens foram considerados messias, antes de Jesus?

– + Como Jesus foi crucificado?

Na verdade, possivelmente Jesus era um poliglota. Devia ter noções de grego, porque esse povo deixou marcas na região na época da ocupação dos macedônios, e de latim, o idioma dos conquistadores romanos.

Mas, no dia a dia, ele falava aramaico mesmo, que era a língua do povo judeu. Árabe, nem pensar – a língua só se tornou dominante na região a partir do século 7.

O que está escrito no balão? “Senhor, dai-nos fé e sabedoria.”

Continua após a publicidade
Publicidade