Clique e assine a partir de 8,90/mês

Que novidades a TV digital vai trazer para a sua casa?

Por Marina Motomura - Atualizado em 4 jul 2018, 20h25 - Publicado em 18 abr 2011, 18h47

O básico todo mundo sabe: com a TV digital, a imagem e o som da telinha vão ganhar qualidade de cinema. Os fantasmas e chuviscos somem, e a resolução da tela dobra. “As TVs analógicas de hoje têm resolução de 480 linhas. Com a TV digital, essa resolução vai poder chegar a 1 080 linhas. Quanto maior a resolução, melhor a qualidade de imagem”, afirma o engenheiro eletrônico Gunnar Bedicks, professor da Universidade Mackenzie. Quanto ao som, os dois canais das TVs atuais vão dar lugar a cinco. Quando começa esse show? Ainda neste ano, os brasileiros devem ter acesso a algumas transmissões experimentais e, em setembro, devem começar a ser vendidos os conversores – caixinhas parecidas com as de TV a cabo que vão permitir que a sua TV velha receba imagem digital. Os fabricantes estimam o preço desses conversores em até 400 reais. Agora, o mais legal da TV digital – as tão faladas “novidades interativas” – ainda vai demorar até 15 anos para ocupar de vez a sua sala. Boa parte destes recursos não depende só da transmissão digital: para que as emissoras resolvam investir neles, um número considerável de pessoas precisa ter modelos digitais adaptados para o show de interatividade. A gente dá um preview dessas invenções no infográfico abaixo.

Tela quente
Recursos interativos devem pintar nos próximos 15 anos

INTERCINE

A internet vai ser parceira da TV. Usando as teclas do controle remoto – que vão ser parecidas com as teclas dos telefones celulares, que misturam letras e números -, vai dar para navegar pela web e até engatar um papo pelo Msn

24 HORAS

E o pesadelo de pegar um filme pela metade? Já era! Com a TV digital, dá para comprar a programação no horário em que você quiser. É um avanço em relação ao atual pay-per-view que é transmitido em horários fixos e predeterminados pelas emissoras

TODO SEU

Com as barras de informação customizadas, a tela da TV fica cheia de informações, todas escolhidas pelo telespectador. Um fã de futebol pode receber notícias só do Brasileirão, por exemplo. E as legendas (o recurso closed caption) ganham versões em várias línguas

CAÇA-FANTASMAS

A imagem da TV atual não é nenhuma maravilha: como o sinal analógico transmitido pelas antenas ricocheteia em paredes, rolam interferências, fantasmas e menor nitidez. E o tamanho da tela, na proporção de 4 por 3, perde espaço nas laterais, em comparação com o cinema

Continua após a publicidade

VIDEOSHOW

As TVs digitais ganham em nitidez porque têm bem mais linhas com pontos luminosos para a formação da imagem. Outra vantagem é o tamanho da tela, na proporção de 16 por 9, tipo cinema. A programação digital deve ganhar barras pretas em cima e embaixo da tela para adaptar o sinal digital às TVs analógicas

ZAPPING ZONE

Quem nunca ficou zapeando até achar algum programa interessante? Com a TV digital, essa busca fica mais fácil: com um toque no controle remoto, a emissora exibe sua grade de programação. E uma ferramenta de busca ajuda a achar aquele filme que você quer ver

VOCÊ DECIDE

Com uma linha telefônica ou uma conexão de internet acoplada à TV, vai ser possível participar de enquetes, como as do Big Brother, votar em programas de auditório e até comprar produtos anunciados nos intervalos comerciais

GRANDE FAMÍLIA

Os fabricantes de TV devem investir também em acessórios: teclados sem fio para facilitar a navegação, joysticks para joguinhos, caixas de som turbinadas e impressoras, pra sua mãe receber em tempo real aquela receita de bolo da Ana Maria Braga que você adora…

Continua após a publicidade
Publicidade