GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Existem clubes exclusivos para jovens colecionadores de selos?

Estudos de comportamento comprovam que esse passatempo ajuda no desenvolvimento da organização e responsabilidade dos jovens.

brick-sue brick-sue

O gosto por colecionar coisas geralmente surge na infância. Costumamos colecionar tudo: chaveiros, bichos de pelúcia e até garrafas com formatos diferentes. Estudos de comportamento comprovam que esse passatempo ajuda no desenvolvimento da organização e responsabilidade dos jovens. Algumas crianças criam uma verdadeira paixão por algumas de suas coleções, e elas deixam de ser uma simples brincadeira para se transformar em um lazer sério e enriquecedor. É o caso dos filatelistas mirins, que decidem conhecer as histórias por trás dos selos.

Várias cidades brasileiras têm um Clube de Filatelistas Mirins, com reuniões periódicas e membros assíduos. Esses clubinhos têm o apoio dos Correios e de escolas. Há também encontros dos pequenos colecionadores, onde eles podem trocar, vender e comprar selos. Juntos, aprendem a organizar e classificar melhor a sua coleção e recebem a oportunidade de fazer suas primeiras exposições. Hoje, a maioria das crianças nunca enviou uma carta, mas várias delas sabem de cor a história de cada selo de seu álbum. É como preencher um álbum de figurinhas, só que algumas delas carregam um valor histórico sem tamanho. É a arte de aprender brincando.

Alguns clubes filatélicos mirins

Clube Cidade do Sol – Araraquara / SP

Clube Cidade das Andorinhas – Campinas / SP

Clube Cidade Feitiço – Catanduva / SP

Mirassol / SP

São José do Rio Preto / SP

Para mais informações, procure a agência central dos Correios de sua cidade.

Que tal tentar? Saiba tudo sobre selos.