Assine SUPER por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Se as células da pele se renovam, por que a tatuagem não sai?

A pele tem mais de uma camada e nem todas se renovam

Por Yuri Vasconcelos
Atualizado em 22 fev 2024, 11h36 - Publicado em 30 mar 2009, 18h10

Simplesmente porque as tatuagens são feitas numa das camadas mais profundas da pele, que não sofre renovação. É bom lembrar que o tecido que recobre nosso corpo é formado por três camadas principais: a epiderme, mais externa; a derme, intermediária; e a hipoderme, a mais profunda de todas. Das três, a única que está em constante renovação é a epiderme. “As tatuagens são feitas com injeção de pigmentos diretamente na derme, que não se renova”, diz a dermatologista Solange Teixeira, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Os tatuadores usam finas agulhas que penetram cerca de 2 milímetros no tecido e, então, injetam gotas de tinta lá dentro, na derme. É por esse motivo que as tatuagens não saem do corpo, enquanto um risco de caneta, que só atinge a epiderme, desaparece com água e sabão. Entretanto, caso não tenham sido bem-feitas, elas podem acabar ficando borradas com o tempo. Isso ocorre, por exemplo, quando a agulha não atinge a derme ou quando a tinta é de baixa qualidade. Os desenhos também podem perder definiç��o em virtude da ação de células de defesa da pele, que tentam isolar os pigmentos por entender que eles são uma agressão ao organismo.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A ciência está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por SUPER.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.