Clique e assine a partir de 8,90/mês

A dor afeta a rotina de três entre quatro pessoas

Por - Atualizado em 31 out 2016, 18h58 - Publicado em 23 out 2015, 16h00

Seja qual for, é quase humanamente impossível conviver com dor. E uma pesquisa recente do IBOPE Conecta em parceria com Advil, medicamento da Pfizer Consumer Healthcare, constatou que as dores atrapalham a rotina de três em cada quatro brasileiros.

A pesquisa ouviu cerca de mil pessoas de diferentes idades e constatou que a dor mais frequente relatada por eles é a de cabeça. A enfermidade afeta pelo 65% dos entrevistados. 

A dor nas costas é outro problema que também atrapalha bastante os brasileiros – mais de 40% das pessoas disseram sofrer com esse tipo de dor. 

Ainda de acordo com o levantamento, para 63% dos entrevistados o trabalho é a principal atividade impactada por conta de algum tipo de dor.  Outros 32% disseram ter o sono bastante prejudicado também. Mulheres entre 35 e 54 anos são as que mais sentem dores. 3 em cada 4 pessoas tem a rotina afetada por conta de alguma dor.

Continua após a publicidade

Dores mais frequentes

65% – dor de cabeça e enxaqueca 
41% – dor nas costas
40% – dor muscular
26% – dor nas áreas tensionais
24% – cólica menstrual

Dores que atrapalham a rotina

20% – dor de cabeça
17% – dos nas costas

Leia mais:
Novo remédio sabe se foi ou não ingerido
Pesquisadores desenvolvem coração feito de espuma
Pimenta pode ajudar a destruir células do câncer

 

 

Publicidade