Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Ansiedade social está ligada ao medo de errar, diz estudo

O estudo monitorou a atividade cerebral de crianças e descobriu a raiz do problema: a cobrança exagerada que o ansioso impõe a si mesmo

Por Felipe Sali Atualizado em 29 mar 2018, 17h48 - Publicado em 29 mar 2018, 17h45

Você sofre de ansiedade social? Ela é um medo intenso de ser reprovado pelas outras pessoas, e afeta 15 milhões de pessoas só nos Estados Unidos (o equivalente a 6,8% da população). A ansiedade social é um fenômeno irracional, ou seja, o indivíduo teme ser rejeitado mesmo quando não há motivos para isso. Mas  cientistas dizem ter encontrado a raiz do problema: o excesso de atenção que o ansioso dá aos próprios erros.

É o que sugere um estudo realizado com mais de 100 crianças e publicado no Jornal da Academia Americana de Psiquiatria Infantil e Adolescente. Uma equipe internacional de pesquisadores liderada pela Universidade de Maryland analisou a raiz dos problemas de ansiedade dessas crianças. Para isso, eles usaram um eletroencefalograma para monitorar a atividade cerebral elétrica das crianças enquanto eram submetidas a testes que mediam a capacidade de se concentrar em informações e ignorar distrações.

O teste foi realizado duas vezes em cada criança. Na primeira vez, elas eram avisadas de que ninguém estava as observaria durante o processo, enquanto na segunda vez algumas pessoas estariam vendo tudo. Com base na atividade cerebral a equipe encontrou uma conexão entre a ansiedade social e o medo de cometer erros quando observada.

“Um dos mecanismos pelos quais a ansiedade social surge é através do foco excessivo em si mesmo e nos  erros percebidos em situações sociais. Para os indivíduos com ansiedade social, esse foco em erros percebidos diminui a interação social” disse George Buzzell, coordenador da pesquisa, ao periódico científico PsyPost.

Antes que você tenha a ideia, vale ressaltar que não adianta nada dizer para um ansioso “não se importar com que os outros vão pensar”. Além de não surtir o efeito desejado, muitas vezes pode até agravar a situação.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

Impressa + Digital

Plano completo da Super. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)