Clique e Assine por apenas 8,90/mês

Antes obeso do que fumante

Pesquisadores ingleses descobrem que é melhor deixar de fumar, ainda que isto signifique engordar.

Por Da Redação - Atualizado em 31 out 2016, 18h37 - Publicado em 31 mar 1990, 22h00

Alguns fumantes reclamam que, ao deixar o vício, engordaram – e a obesidade, alegam, ofereceria à saúde tantos riscos quanto o cigarro. É verdade que o apetite aumenta ao se abandonar o fumo. É também verdade que, enquanto o cigarro faz elevarem-se os riscos de câncer de pulmão, enfisema, bronquite e derrame, o excesso de peso aumenta as chances de diabete, artrite e reumatismo. Não é verdade, porém, que entre esses males não haja um menor. Pesquisadores ingleses chegaram à conclusão de que o obeso corre menos perigo de morrer de doença do que o fumante – gordo ou magro – de um maço por dia. A balança, portanto, não serve mais de álibi para se continuar fumando.

Publicidade