Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Alguns alimentos têm (bem) menos calorias do que sempre se acreditou

Encha o prato.

Por Marcella Chartier Atualizado em 16 Maio 2018, 13h19 - Publicado em 19 mar 2011, 22h00

Se você está querendo emagrecer, comemore. Um estudo afirma que certos alimentos podem ter bem menos calorias do que se acreditava. Isso porque o organismo não consegue absorver toda a energia que está contida na comida, já que gasta parte dela para fazer a digestão da própria comida. Parece elementar, não? Mas só agora, dois séculos depois que o cálculo de calorias foi inventado, surgiu uma fórmula que leva isso em conta.

O novo método de contar calorias foi criado pelo nutricionista inglês Geoffrey Livesey, que analisou 1.189 tipos de alimento. “Em alguns tipos de alimento, ricos em fibras e proteínas, a diferença pode ser bastante significativa”, afirma a nutricionista Renata Maria Padovani, da Unicamp. Isso acontece porque as fibras e as proteínas são mais difíceis de digerir do que se imaginava. Os nutricionistas também estão descobrindo que o método de preparo e até a textura dos alimentos podem alterar seu teor de calorias.

Cientistas da Universidade de Kyshu, no Japão, alimentaram dois grupos de ratos com a mesma quantidade de ração. Única diferença: a ração do segundo grupo era mole. Ao fim da experiência, algo incrível aconteceu. Embora ambos os grupos de ratos tivessem comido a mesma quantidade de comida, o segundo grupo (da ração mole) estava obeso. É que a ração dura era mais difícil de digerir – e os ratos gastavam mais energia para processá-la.

Apesar de tudo isso, a FAO (agência das Nações Unidas que determina os padrões globais de nutrição) já afirmou que não vai adotar a nova contagem de calorias – porque teme que ela possa agravar a epidemia de obesidade no planeta. E tem certa razão nisso: afinal, as pessoas já comem demais.

Mangia che te fa bene
Veja com quantas calorias ficam alguns alimentos – calculando pelo novo métodoChocolate – 30 g

Antes*: 162 kcal
Agora**: 152 kcal
Redução: 7%

Maçã – 130 g

Antes*: 90 kcal
Agora**: 79 kcal
Redução: 13%

Batatas Fritas – 2,5 colheres de sopa

Antes*: 308 kcal
Agora**: 270 kcal
Redução: 13%

Continua após a publicidade

Contrafilé grelhado – 64 g

Antes*: 147 kcal
Agora**: 127 kcal
Redução: 14%

Feijão – 1 concha

Antes*: 68 kcal
Agora**: 45 kcal
Redução: 34%

Arroz branco – 4 colheres de sopa

Antes*: 155 kcal
Agora**: 140 kcal
Redução: 10%

*Método tradicional (Atwater)

**Novo método (New Net Metabolizeable Energy)

Fonte: Renata Maria Padovani, nutricionista da Unicamp e coautora da Tabela Brasileira de Composição de Alimentos.

Continua após a publicidade
Publicidade