GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Colocar pouco óleo na frigideira é mais saudável

Não se trata de uma questão de quantidade, mas de qualidade. Se você colocar na panela óleos vegetais de gergelim, milho, canola, soja, girassol e amendoim, por exemplo, pode caprichar: além de não fazer mal, eles ainda protegem sua saúde. Claro que não é o caso de encharcar o alimento em gordura, mas também não precisa usar conta-gotas.

“Os óleos vegetais são ricos em gorduras poli-insaturadas, que precisam fazer parte da alimentação. Elas reduzem o colesterol e contribuem para melhorar a saúde cardiovascular”, diz a nutricionista Cynthia Antonaccio. Ao lado dos peixes, as sementes estão entre as maiores fontes dos chamados ácidos graxos. O ômega 3 de origem vegetal é encontra-do nas nozes e também nas sementes de linhaça, soja e canola, enquanto o ômega 6 está nas nozes, no amendoim e nas sementes de girassol, gergelim e milho. “Os dois ácidos graxos não são produzidos pelo corpo e precisam ser conseguidos por meio da alimentação”, completa Cynthia.

Fritar usando apenas o mínimo de óleo ainda oferece outro risco. “Sabe-se hoje que a composição da carne vermelha se modifica quando é frita em temperatura muito alta, e se formam substâncias comprovadamente cancerígenas”, alerta a nutricionista. Melhor caprichar no óleo e tomar cuidado para não passar demais o bife.


Óleos vegetais reduzem o colesterol e contribuem para a saúde do coração: vale a pena usá-los também nas frituras.