GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Como roubar a energia do câncer

Oncologistas liderados por Salvatore Pizzo, da Universidade Duke, nos Estados Unidos, acham que podem explicar como age a angiostatina, uma das drogas mais promissoras contra o câncer. Ela impede a ramificação de vasos sanguíneos que levam nutrientes ao tumor. “Vimos agora que ela faz isso cortando a energia necessária ao crescimento dos vasos”, disse à SUPER Tammy Moser, co-autor do trabalho (veja o infográfico). Boa notícia para o médico Judah Folkman, do Hospital Infantil de Boston, que tenta parar o câncer usando a angiostatina. Ninguém conseguiu ainda repetir suas experiências, mas o trabalho de Pizzo pode mudar a situação.

Droga vampira

A angiostatina bloqueia a ação de uma enzima e mata o câncer.

A função da enzima ATP sintase (1) é reagir com moléculas armazenadoras de energia (2). Assim, libera combustível que os vasos sanguíneos usam para lançar novos ramos.

A angiostatina (3) gruda na ATP sintase e impede que ela participe das reações. Os vasos, sem energia, não podem crescer. O tumor morre de fome, pois precisa deles para receber nutrientes.