GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Enxaqueca em homens está relacionada aos níveis de estrogênio

Estudo descobriu que o hormônio encontrado em abundância no corpo feminino causa a maior dor de cabeça nos homens

Só quem tem enxaqueca sabe o quanto sofre. A dor é insistente e atrapalha atividades comuns do dia a dia como se concentrar no trabalho. Homens são três vezes menos propensos a terem enxaqueca e agora sabemos a razão disso. Uma equipe do Centro Médico da Universidade de Leiden, na Holanda, publicou um estudo na revista Neurology que mostrou como homens que sofrem de enxaqueca têm mais estrogênio no sangue do que aqueles que não possuem histórico do distúrbio.

Os pesquisadores coletaram dados de 7 homens saudáveis que relataram sofrer cerca de três enxaquecas por mês e 22 que não costumam sentir a dor, mediram seus níveis de testosterona e estradiol (uma forma do estrogênio) quatro vezes ao longo do dia e cruzaram os dados. Não houve diferença na concentração de testosterona entre os participantes, mas os níveis de estrogênio tinham relação direta com a frequência das dores de cabeça.

O estrogênio, nós sabemos, é um hormônio muito mais presente no sangue das mulheres. Ele está relacionado ao controle da ovulação e desenvolvimento das características femininas, desde a primeira menstruação até a menopausa. É comum ver garotas reclamando de enxaquecas durante o período menstrual. Até então, não havia nenhum estudo que relacionasse a mesma relação de causa e efeito nos homens, que produzem quantidades significativamente menores do hormônio.

A ideia é que os resultados sejam, vistos como preliminares. A própria equipe entende que o número de pacientes analisados é extremamente baixo. Mesmo assim, acreditam que em futuros testes, que estudem a relação entre o hormônio feminino e a dor de cabeça, as respostas se repitam.