GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Implante para curar paralisia

Cientistas chineses desenvolveram uma técnica cirúrgica que talvez signifique a cura para os casos de paralisias traumáticas, causadas por fraturas na coluna vertebral.

Recentemente, neurologistas do Hospital de Xangai, na China, desenvolveram uma técnica cirúrgica que talvez signifique a cura para os casos de paralisia traumática, causadas por fraturas na coluna vertebral. Os médicos retiraram células do cérebro de embriões humanos abortados, para implantá-las na região danificada da espinha de paraplégicos. A idéia é que essas células, ou neorônios, cresçam no organismo dos doentes, formando nervos, que ligariam como pontes as partes rompidas da coluna.

O primeiro paciente operado, Tao Weikang, de 43 anos, já consegue realizar pequenos movimentos com as pernas. Os cientistas esperam que, depois de sessões de fisioterapia, ele volte a caminhar – o que só será possível saber no final desse ano. Mesmo que isso aconteça, a cirurgia chinesa esbarrará em alguns obstáculos antes de ser consagrada em hospitais do mundo inteiro. Pois, em países como os Estados Unidos e o Brasil, ainda se questionam a validade de usar células de embriões humanos em cirurgias.