GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Nado sincronizado

Essa modalidade começou como espetáculo e se converteu em um esporte para mulheres. Requer força e um perfeito sentido de tempo para suas vistosas e quase matemáticas figuras na água.

TIPOS DE MOVIMENTOS

Explosivo: as nadadoras se impulsionam até a superfície da água. Requer a energia do salto inicial nas provas de natação.

Suspenso: as nadadoras mantêm o peso do corpo na superfície da água. Requer a resistência e a força aeróbica de um goleiro no pólo aquático.

REGRAS

A competição é dividida em exercícios obrigatórios e em exercícios livres. Cada uma das duas provas representa metade da pontuação final.

Figuras obrigatórias: são realizadas sem música. Executam-se quatro exercícios.

Figuras livres: séries de movimentos coreográficos com acompanhamento musical, combinando balé e força.

As figuras feitas individualmente duram três minutos, as em dueto, quatro.

FIGURA DE CASTELO

Requer flexibilidade e força para realizar séries de manobras bem complexas.

De costas A, uma perna se eleva até a posição de balé B. Gira-se o corpo até a posição de cavaleiro C. Perna horizontal se eleva em arco até a posição de grua D.

Executa-se um giro de 180 graus E até o movimento de relógio F, girando-se o tronco 180 graus para se chegar à posição de perna de balé na superfície G. Baixa-se a perna de balé H.

FIGURA DE GARÇA

Requer força para impulsionar acima da superfície o corpo e as pernas submersos.

Da posição de costas A, passando pela posição de carpado B, até a posição de perna de balé dupla submersa C. Dobra-se o joelho D com a coluna paralela à superfície E. Impulso até a posição vertical de joelho dobrado F. Submerge-se de novo na água G.