GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

O que acontece no corpo durante uma convulsão?

É uma crise epiléptica em que o corpo se mexe.

TdF sugeriu Victor Liporage
Ilustra
Adriel Contieri
Edição Felipe van Deursen

Dos pés à cabeça
A convulsão é uma crise epiléptica com manifestações motoras, ou seja, a pessoa mexe o corpo. Uma das mais comuns é a tônico-clônica, que atinge várias partes do corpo e afeta os dois lados do cérebro. Veja os principais efeitos

Boquiaberto
A dentição fica rígida e a vítima pode morder a língua até sangrar. Ela tende a produzir grande quantidade de saliva, que pode ficar espumosa. Já a pele passa a ter uma tonalidade azulada, em razão da respiração comprometida

Na pressão
As glândulas suprarrenais começam a produzir adrenalina, que é liberada no organismo. Isso provoca um aumento da frequência cardíaca, da pressão arterial e da transpiração

Agito
Há uma contração súbita dos braços, das pernas e do abdômen, que ficam completamente enrijecidos por um curto período (fase tônica). Em seguida, a musculatura passa a relaxar momentaneamente (fase clônica). Tais movimentos, se muito violentos, provocam lesões no corpo

Deu curto
As crises decorrem de uma atividade elétrica anormal do cérebro, causada pelo desbalanceamento entre os neurotransmissores (moléculas que os neurônios usam para se comunicar) excitatórios e inibitórios. Isso causa uma espécie de curto-circuito e a pessoa perde a consciência

Problema-solução
O ritmo do diafragma, músculo responsável pela respiração, é afetado pelas contrações e relaxamentos. No entanto, isso pode ajudar no fim da crise: com a má oxigenação, a atividade elétrica do cérebro tende a diminuir

Outros efeitos
A convulsão afeta também as musculaturas envolvidas no ato de fazer xixi e cocô, pois os esfíncteres da bexiga e do ânus podem ficar comprometidos com os espasmos. As chances de a pessoa fazer o número 1 são maiores que as de fazer o número 2, porque o esfíncter da bexiga relaxa mais facilmente

LEIA TAMBÉM:
+ O que é terror noturno? 
+ Como ocorre um ataque cardíaco? 
+ Por quê, quando bebemos e rimos, o líquido sai pelo nariz? 
+ Como um corpo humano se decompõe?

Outras crises

Elas variam de acordo com a região do cérebro afetada

FOCAL
Começa em uma parte do cérebro e pode se expandir. Dependendo da região, a pessoa sofre alterações sensoriais, manifestações psíquicas ou ações motoras. Não há comprometimento da consciência

PARCIAL COMPLEXA
É uma crise focal, mas com o agravamento de ter alteração da consciência

CRISE DE AUSÊNCIA
Atinge todo o cérebro. Mas é diferente da tônico-clônica, pois não há perda de consciência. A pessoa apenas fica em uma espécie de transe, realizando movimentos automáticos, como piscar os olhos

O que fazer se você vir alguém em convulsão

– Deixe a pessoa de lado, para que os líquidos da boca escorram pelo canto (além da saliva, pode haver sangue e vômito)
– Apoie a cabeça dela, para que não bata no chão. Mas não tente segurar os movimentos. Isso só vai machucar a vítima
– Após a crise, deixe a pessoa descansar. É possível que ela tenha dores no corpo e sofra de confusão mental. Dormir é a melhor forma de recuperação

CONSULTORIA Luciana Midori Nakaharada, neuropediatra e neurofisiologista do Hospital Sírio-Libanês (São Paulo), Lécio Figueira, neurologista do Hospital Samaritano de São Paulo, e Maurício Hoshino, neurologista do Hospital Santa Catarina (São Paulo)

Newsletter Conteúdo exclusivo para você