GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Pode um só gene fazer um homem?

Cientistas desconfiam que apenas um gene, entre os 100.000 existentes no organismo humano, é responsável pelo sexo masculino.

Será que um único gene, entre os 100 000 do organismo humano, é responsável pelo sexo masculino? Cientistas da Fundação Imperial para Pesquisa de Câncer, na Inglaterra, desconfiam que sim. Eles vasculharam a bagagem genética de mulheres que, por um problema hereditário, possuíam um par de cromossomos XY em vez do par XX do sexo feminino. Mas, apesar da presença do cromossomo Y, aquele que determina o sexo masculino, essas mulheres não se desenvolveram como homens. Para os ingleses, isso acontece por causa de um defeito encontrado em certo gene, conhecido como Sry, que inibe sua produção de proteínas.

Como o Sry defeituoso era o ponto comum entre os casos analisados, os pesquisadores acreditam que ele possa ser o fabricante do chamado fator determinante de testículos, a substância desencadeadora do aparecimento de características masculinas em um ser humano. É cedo, no entanto, para afirmar que o Sry sozinho consiga fazer um homem: na Universidade de Freiburg, Alemanha, os cientistas encontraram uma mulher com esse gene em perfeitas condições e que, mesmo assim, não apresentavam sinais de sexo masculino. Foi a única exceção, é verdade – mas em ciências isso já é suficiente para não transformar uma suspeita em regra geral.