GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Projeto sugere que as pessoas coloquem uma placa de doa-se em seus carros

E, acredite, é por uma boa causa

Se alguém da sua família não precisou de doação de sangue, provavelmente foi um amigo ou conhecido. Isso é mais comum do que pode parecer. E não são raras as campanhas por causa da falta de estoque no banco de sangue. É aquela coisa: as pessoas só doam quando alguém próximo precisa. É isso que três publicitários estão tentando mudar.

Vinicius Sakamoto, Mateus Oliveira e Rafael Rodrigues criaram o projeto DOA-SE. O vídeo do site explica direitinho a ideia:

 

“A ligação da placa foi justamente para chamar atenção das pessoas de um problema que ninguém leva a sério”, explica Vinicius. Usar os carros foi uma forma que eles encontraram de tentar alertar as pessoas de que, ao verem o termo DOA-SE, elas imediatamente pensam no bem material. “Mas, ao ver que se trata de uma causa social, talvez elas se conscientizem e ajudem quem precisa de sangue”.

Segundo a Fundação Pró-Sangue, menos de 2% da população brasileira doa regularmente. O recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) é que esse percentual fique entre 4% e 6%. Em uma semana da campanha DOA-SE, mais de 2500 pessoas fizeram o download da placa para fixar no vidro do carro. 

E não custa lembrar que para doar sangue é necessário ter entre 16 e 68 anos, estar acima de 50 quilos, estar bem alimentado e descansado e não ter Hepatite B, Hepatite C, Doença de Chagas, Sífilis, HIV e HTLV.